• Postado por Tiago

Um mistério tá deixando os tiras de Balneário Camboriú com a pulga atrás da orelha. Dois menores apareceram baleados pelas 21h30 de terça-feira, no centro da city. Um deles tava caído na frente de uma padoca da Terceira avenida. Seu coleguinha foi encontrado ferido algumas ruas depois. A dupla é acusada de ter metido um assalto na padaria minutos antes. Agora os policiais querem descobrir quem meteu bala nos trastes-mirins.

A ação dos bandidos rolou por volta das 21h. O povão que mora na região ouviu diversos disparos de revólver e chamou os meganhas. Os milicos encontraram C.M.S.W., 14 anos, caído na calçada com três balaços na barriga. Ele não falava nada com nada, tava com hemorragia interna e foi atendido pelos bombeiros. Depois dos primeiros socorros, foi levado em estado grave pro hospital Santa Inês.

Enquanto C. era atendido, os policiais receberam a informação que outro menor tava baleado na rua 1870. Os milicos passaram no local e deram de cara com E.B.F., 14, que tava ferido com um tiro no bucho. O gurizote foi socorrido pelo Samu e também foi encaminhado ao hospital. Na busca pessoal, os fardados encontraram um revólver calibre 38, com cinco balas, mas com dois tiros disparados.

Assalto

A funcionária da padoca contou que tinha sido assaltada pela dupla de moleques feridos. Ela contou que os minibandidos entraram no comércio com arma em punho e mandaram a vítima deitar no chão. Com a coitada rendida, os vagabundos recolheram 200 pilas do caixa e saíram correndo. Logo em seguida ela ouviu os disparos, mas não viu nada do que aconteceu.

Os dimenores tão internados no hospital e, por enquanto, não abriram o bico. Eles foram operados e até o fechamento desta edição, a condição de saúde deles era estável.

  •  

Deixe uma Resposta