• 21 ago 2009
  • Postado por Tiago

guaraná-topo

Empadão de guaraná

Para deixar o empadão mais leve, reserve 600 ml de guaraná do almoço, junte um quilo de trigo, meio quilo de margarina e uma colherzinha de sal. Não tem erro!

Massa podre de empadão é 100% brazuca, visse!

Fausta foi investigar por que 10 em cada 10 festinhas peixeiras têm empadão e descobriu que a culpa é dos portugas

dese-dona-fausta-empadão

Olá, meu povo adorado deste litoral nublado! Como vão de saúde? Em pânico por causa da gripe porca? Deixa dessa vida, gente! É só seguir as regrinhas básicas de higiene e evitar aglomero que ela não te pega não. Mas se tu começares a sentir febre, dor de cabeça e cansaço, já sabe ? vai direto pro médico porque aquele remédio gringo não se acha na farmácia. E depois fica em casa quietinho e sendo mimado pela cara-metade, que é a melhor coisa do mundo!

Mas vamos falar daquilo que ninguém vive sem: rango. E não é qualquer rango, é empadão, gente! Vocês conhecem alguém que rejeita um belo pedaço de empadão? Eu não conheço. Nem adolescente luxento.

Pode ver: não há festinha nesta Itajaí de meu Deus que não tenha um ou dois pirex forrados de empadão com recheio de frango, palmito, camarão ou carne. E tem até vegetariano. Meu bom Jusus de Iguape!

Com guaraná

Na surfadinha que dei na internet, vi que tinha tanto tipo diferente de massa de empadão que deu um nó na cachola: afinal, não tão avacalhando com a receita de nossas vovós colocando guaraná, maionese, creme de leite e o caray? Será que as receitas dão certo? Fiquei tão encafifada que resolvi procurar um especialista: o professor de rango brazuca da faculdade de gastronomia da Univali, o capixaba Asdrúbal Senra.

Primeiro, ele disse que a massa podre, aquela que desmancha na boca e enche a roupa de farelo, que é a mais usada por essas bandas, é influência direta dos nossos antepassados portugueses.

Massa seca

?Torta tem em todos os lugares, na França se chama sablè, na Itália, frola, e massa podre para os portugueses, que leva mais gordura do que as outras, e originalmente era feita com banha de porco?, explica. O chef disse que a massa podre faz parte das chamadas massas secas, que não levam líquido. Massa com líquido leva o nome afrescalhado de ?brisè?, brisa em francês, porque são mais leves.

Com relação aos ingredientes bizarros, como guaraná e iogurte, Asdrúbal disse que não tem problema: não vão deixar o empadão com cara de sobremesa. ?O guaraná é pra deixar a massa mais leve, e o iogurte natural usado com manteiga light é uma boa alternativa para quem tem que seguir uma dieta com menos calorias?, assegurou.

Quanto aos recheios, ele disse que pode usar de um tudo, mas cuidado com os legumes e folhas peidorrentos como brócolis e repolho, que deixam um cheirão esquisito no quitute, e pode assustar as visitas.

?Uma regra com relação aos recheios é nunca colocar quente ou morno. O melhor é colocar gelado mesmo pra não ensopar a massa embaixo, e sempre com uma colher de trigo ou maisena pra dar cremosidade e enxugar o recheio?, recomendou.

Versão doce

O sabichão disse ainda que existe, sim, empadão doce: ?Faça a massa de empadão da preferência, só que em vez de sal, coloque um pouquinho de açúcar. Depois amassa banana caturra, mistura com uva passa, açúcar, mas não muito pra não criar líquido, canela em pó e polvilha com trigo pra chupar o líquido. Tá pronto! O importante é usar a criatividade?. Não sobrou nada pra eu dizer!

Saiba +

?Passaporte para o sabor?, de Ronaldo Lopes Pontes Barreto. Tecnologias para a elaboração de cardápios. Editora Senac.

?Cozinha goiana?, de Bariane Ortêncio. Além de trazer 1200 receitas típicas de Goiás, faz um resgate histórico das delícias. Editora Altiplano.

?A formação da culinária brasileira?, de Carlos Alberto Dória. Sociólogo relata as contribuições das várias etnias para a mesa brasileira. PubliFolha.

 

Empadão de frango

empadao-frango

400 g de farinha de trigo

200 g de manteiga gelada

1 ovo inteiro e 1 gema

6 colheres de leite

1 gema para pincelar

1 Kg de peito de frango

1 cebola média picadina

2 dentes de alho picados

1 tomate picado sem pele

1 colher de sopa de azeite

cheiro verde picado

1 lata de milho verde

1 lata de pomarola

1 colher de trigo

2 caldos de galinha

Modo de preparar: misture o trigo e a manteiga. Acrescente os ovos, o sal e o leite, amasse bem e leve à geladeira por 30 minutos. Forre o pirex. Cozinhe o peito de frango, desfie e junte na panela com cebola, alho e molho de tomate. Coloque o caldo de galinha dissolvido e misture. Ponha o milho, o trigo e misture. Recheie a massa depois de frio, tampe e pincele com a gema.

 

Empadão de camarão

empadão-camarão

1 kg de farinha de trigo

2 gemas

400g de manteiga

1 kg camarão

1 xícara de palmito

100 g de azeitonas

1 cebola

4 colheres de azeite

2 tomates

1 maço de cheiro verde

3 colheres de maizena

1 copo de leite

2 gemas para pincelar

Modo de preparar: misture o trigo com a manteiga e as gemas e forre a forma. Reserva 1/4 da massa para cobrir o empadão. Tempere o camarão com alho, louro, sal e pimenta. Refogue no azeite, junte o tomate, cebola, cheiro-verde, azeitonas e refogue. Engrosse com maizena com leite e junte o palmito. Deixe esfriar o recheio, cubra com o restante da massa, pincele e asse por 30 minutos em forno médio.

 

Empadão goiano

empadão-goiano

4 xícaras de trigo

3 ovos

½ xícara de chá de óleo

sal a gosto

1 colher de fermento em pó

2 colheres de banha

300 g de frango cozido

2 linguiças

150 g de queijo Minas

150 g de guariroba

50 gramas de azeitonas

1 dente de alho

1 cebola picada

sal e pimenta a gosto

250 ml de caldo

Modo de preparar: junte banha, trigo, ovos, óleo, sal e fermento até ficar homogêneo e deixe descansar por 30 minutos. Abra e forre uma assadeira. Refogue cebola e alho e junte os demais ingredientes. O recheio fica mais líquido e a massa é mais final. Ideal para formas individuais de cerâmica. Forno a 200º por 30 minutos.

 

Empadão de palmito

palmito2

4 xícaras de trigo

2 ovos

4 colheres de manteiga

1 xícara de gord. vegetal

2 vidros de palmito

2 dentes de alho

1 cebola

2 tomates

1 copo de leite

3 colheres de azeite

2 gemas

Cheiro verde

sal e noz-moscada a gosto

Modo de preparar: Junte gordura, manteiga, trigo e gemas sem sovar. Espalhe a massa na forma. Pique palmito. tomate, cebola e alho. Dissolva o trigo no leite. Numa panela, frite a cebola, o alho, depois o tomate e o palmito. Adicione o leite com farinha e misture. Tempere com sal, noz-moscada e salsinha. Quando engrossar, desligue o fogo. Coloque o recheio na forma e tampe. Pincele com as gemas e leve ao forno por 30 minutos.

 

Empadão light

torta-light2

2 1/2 xícara de trigo

150 g de manteiga

180 g de iogurte natural

1 colher (chá) de sal

1 gema para pincelar

1 lata de milho verde

2 colheres de margarina

1 xícara de leite

1 xícara de queijo ralado

Modo de preparar: Numa tijela coloque trigo, manteiga, sal e iogurte. Misture sem sovar. Deixe descansar por 20 minutos. Polvilhe com farinha um saquinho plástico, coloque metade da massa e com abra com um rolo.

Cubra o fundo e as laterais de uma assadeira e coloque o recheio frio. Bata no liquidificador o milho com a água. Numa panela, coloque margarina, trigo e, depois, o leite, mexendo sempre. Acrescente o milho, tempere com sal e pimenta. Faça tirinhas de massa pra cobrir o. Pincele com a gema e leve ao forno médio por 20 minutos.

  •  

Deixe uma Resposta