• Postado por Tiago

Os donos de empresas de ônibus de Santa Catarina que fazem linhas intermunicipais e interestaduais começaram a debater ontem com representantes do governo estadual formas de reduzir o custo de tributos para o setor. A ideia é repassar a redução para o valor das passagens e assim trazer de volta os passageiros, que acabaram migrando para outros meios de transporte, como a aviação.

Levantamento do sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário aponta que nos últimos 10 anos a queda no número de passageiros nos busões chega a 30%. Uma das saídas para a crise, apontam os empresários, seria a redução de tributos para que eles possam diminuir o valor das passagens. “A lei não permite descontos sob pena até de multa. Por isso, é preciso transformar em lei o desconto, a redução destas taxas que oneram a tarifa”, defende Elias Sombrio, diretor do sindicato das empresas. Desta maneira, diz, as empresas terão como promover descontos e fazer tarifas promocionais.

Uma das propostas apresentadas pelos empresários é a redução da taxa paga ao departamento de Transportes (Deter). Hoje, 7% do custo de um bilhete fica pro órgão. Os donos de latões querem que esse percentual seja de 2%. Eles também tentam negociar uma diminuição do valor do imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) sobre o óleo diesel e redução de outros tributos que acabam jogando lá pra riba o valor da passagem.

  •  

Deixe uma Resposta