• Postado por Tiago

Mesmo garantindo que não há motivos pra pânico por conta da gripe porca na capital, o prefeito Dário Berger (PMDB) baixou decreto na surdina. Na terça-feira, ele decretou estado de emergência na cidade, que tem o maior número de casos confirmados da doença: 45 até ontem. Ainda não foi confirmada nenhuma morte entre a manezada. “O estado de emergência foi decretado para que possamos, de forma mais ágil, contratar pessoal, adquirir equipamentos e tomar medidas rápidas para conter um possível avanço da gripe A na cidade”, afirma o prefeito.

De acordo com Dário, um pessoal da área médica já foi contratado pra reforçar o atendimento nos postos de saúde. “Nosso grande esforço é no sentido de prestar um atendimento rápido e imediato para sairmos o mais rápido dessa pandemia que abala o mundo”, acredita.

Tudo bem

O pessoal do turismo da capital gostou da medida tomada pelo prefeito. Segundo o presidente da Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Estanislau Bresolin, a medida é acertada e vai ajudar a mostrar que a cidade tá preocupada em amenizar um futuro problema. “Estas questões da gripe A são problemáticas para todos os destinos. Agora, de um modo geral, Floripa não é um foco que chame a atenção. O fato de o prefeito baixar uma ação emergencial, é uma providência benéfica no sentido de que está sendo feita uma proteção para que a situação não seja agravada”, conta.

  •  

Deixe uma Resposta