• Postado por Tiago

 INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-CINCO-Leonir---assaltantes-da-padaria-rio-bonito---foto-Felipe-VT-10-(2) iINTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-CINCO-Marcos-Aurélio---assaltantes-da-padaria-rio-bonito---foto-Felipe-VT-06-(1) INTERNA--POLÍCIA---PAGINA-CICNO--Antonio---assaltantes-da-padaria-rio-bonito---foto-Felipe-VT-03-(1)

Polícia chegou e meteu as algemas nos bandidos na porta de casa

A bandidagem levou a pior ontem em Balneário Camboriú. Os meganhas enjaularam Fábio Rodrigo Moser, e Luiz Carlos Leite Jr., ambos de 26 anos, que meteram um assalto na loja Colombo da Terceira avenida. Uma funcionária da loja que tava no banheiro conversando ao telefone com o marido, que é milico, passou a fita quando os safados anunciaram o assalto. Os bandidos já tinham atacado o mesmo comércio há quatro meses.

Com o atraque de cinema, o povão que saía do trabalho pra garantir o almoço de cada dia sijuntou pra assistir a prisão. A rua ficou abarrotada de curiosos e baratinhas que apareceram pra dar apoio. Até os guardinhas do BCtran tiveram que deixar a comida de lado pra organizar o trânsito que ficou virado num alho.

Passava das 12h30 quando funcionários e clientes da loja foram surpreendidos pela dupla de malacos. Os bandidos pintaram na Colombo com cara de compradores e caminharam até o centro da loja. Um deles sacou uma pistola calibre nove milímetros, apontou pra dois vendedores e anunciou o assalto.

Sob a mira da arma, os trastes obrigaram os trabalhadores a entrar no banheiro, onde ficaram trancados. Com o caminho livre, correram até o caixa de onde cataram R$ 900.

Enquanto o assalto rolava, uma funcionária da loja, que não quis se identificar, tava no banheiro dos fundos conversando ao celular com o marido que é meganha no Itajaí. Ao ver o lance, a mulé falou pro amado que o comércio tava sendo assaltado. ?Sorte que eu tava falando com ele na hora?, contou a mulher ainda nervosa. O fardado peixeiro entrou em contato com os tiras do Balneário que não pensaram duas vezes e correram até a loja. Uma baratinha e a equipe do Pelotão de Policiamento Tático (PPT) baixaram no local e deram o atraque certeiro.

Os trastes não se atreveram a reagir e foram parar no xilindró. Ao serem colocados dentro do camburão, um dos caras ainda teve a cara de pau de soltar: ?Sou pai de família. Sou pai de família?. Os tiras não caíram na conversa mole do cara-de-pau e o levaram para contar lorotas no cadeião.

As vítimas, que tavam trancadas no banheiro, reconheceram os safados como sendo os assaltantes. Pra uma das vendedoras, os melancarados meteram outro assalto na loja em 18 de maio. ?São os mesmos. Também foram eles da outra vez?, garantiu. Na época, fugiram com a grana do caixa e 20 celulares. Esta é a quarta vez que a loja da Terceira avenida é assaltada em menos de um ano. O primeiro ataque foi em outubro de 2008, o segundo em fevereiro e o último tinha rolado em maio.

  •  

Deixe uma Resposta