• Postado por Tiago

A manhã de ontem começou amarga para Júlio César Veniko de Almeida, 18 anos, e Marcos Cordeiro Ferreira, 20 anos. A puliça prendeu os trastes por participação no assalto a uma família de empresários em Braço do Trombudo, no alto Vale do Itajaí, no dia 21 de setembro. Além de surrar as vítimas, levaram cerca de R$ 80 mil em joias e R$ 3 mil em dinheiro.

Os trastes renderam cinco pessoas, que foram amarradas, amordaçadas e ameaçadas de morte. O desespero da família durou quase duas horas. Um dimenor que também estaria envolvido no crime foi preso em Blumenau. A quadrilha foi denunciada por José Ferreira, 35 anos, detido no dia 26 de setembro. Os bandidos tavam planejando outro assalto em Timbó.

Júlio César foi preso em casa na rua José Lino Rocha, na invasão da Meia Praia, por volta das 10h. Com eles os tiras encontraram 800 dólares e dois celulares das vítimas de Braço do Trombudo. O cabra morava com a família e trabalhava com instalação de forros PVC na city. Já Marcos foi detido na rua Mário Rebello, no centro. O traste tava usando um colar de ouro e mais uma pistola roubada do empresário. O dimenor D.M., 17 anos, foi preso no bairro Itoupavazinha. Com ele os tiras encontraram o revólver usado no assalto, mais um relógio e uma câmera digital das vítimas. Os três foram encaminhados ao presídio de Rio do Sul.

  •  

Deixe uma Resposta