• 15 out 2009
  • Postado por Tiago

EDITAL DE PRAÇA / LEILÃO

2ª VARA DA COMARCA DE CAMBORIÚ/SC

1ª PRAÇA/LEILÃO: 26 de OUTUBRO de 2009, às 14h.

2ª PRAÇA/LEILÃO: 09 de NOVEMBRO de 2009, às 14h.

LOCAL: Rua São Paulo nº. 1.271 (Salão do Tribunal do Júri ou Átrio do Fórum), Areias, em Camboriú/SC.

RODRIGO SCHMITZ, Leiloeiro Oficial, matriculado na JUCESC sob n°. AARC/071, devidamente autorizado pela Exma. Sra. Dra. LIANA BARDINI ALVES, Juíza de Direito da 2ª Vara da Comarca de Camboriú/SC, venderá em pública(o) PRAÇA/LEILÃO, na forma da lei, em dia, hora e local acima citados, o(s) bem(ns) penhorado(s) a seguir relacionado(s).

01) Processo 113.09.001393-1 – Exequente: Aristo Manoel Pereira / Executado: João Carlos Machado e Tereza Blau Machado / Bem(ns): O terreno situado no lado par da Projetada Rua “S”, 3ª quadra, à 25,10m de esquina com a Estrada Municipal, no lugar Alegres, em Camboriú/SC, com a área de 252,00m², representado pelo lote nº. 646 do Jardim Monte Alegre, com as seguintes medidas e confrontações: 12,00m de frente a Leste, com a projetada Rua “S”; 12,00m de fundos a Oeste, em terras da outorgante (parte do lote nº. 676); 21,00m estremando ao Norte, com terras da outorgante (lote nº. 645); e 21,00m ao Sul, com mais terras da outorgante (lote nº. 647); matriculado sob nº. 5.191 no ORI de Camboriú/SC, avaliado em R$40.000,00. OBS.: Junto à matrícula do imóvel (atualizada até 26.08.09), consta registrada Penhora em favor do processo 005.01.005663-1/001 (R.1).

Na ocasião da 1ª Praça/Leilão, o(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) por valor igual ou superior ao da avaliação; na 2ª Praça/Leilão, pela melhor oferta, desde que não seja caracterizado preço vil. Quando o valor do(s) bem(ns) penhorado(s) não exceder sessenta vezes o valor do salário mínimo vigente na data da avaliação, em ambas as ocasiões o(s) bem(ns) não poderá(ão) ser vendido(s) por valor inferior ao da avaliação. A comissão do Leiloeiro é de seis por cento e correrá por conta do comprador. Àquele que der causa à anulação do leilão perderá em favor do Leiloeiro a comissão paga. O pagamento da Arrematação/Comissão do Leiloeiro deverá ser efetuado à vista, exclusivamente em cheque, este emitido pelo comprador. Incide taxa de armazenagem sobre o(s) bem(ns) removido(s) ao depósito do Leiloeiro, que será quitada pelo comprador no ato do arremate. Havendo a suspensão ou extinção da execução em virtude de acordo antes do leilão, este somente será suspenso após o pagamento das custas e demais despesas processuais, inclusive aquelas do Leiloeiro. Eventuais ônus existentes sobre os bens levados a leilão deverão ser verificados pelos interessados junto aos órgãos competentes. É de inteira responsabilidade do adquirente o pagamento de despesas de transferência de veículos, bem como de eventuais débitos em aberto junto ao DETRAN; da mesma forma, fica responsável pela quitação de valores existentes relativos à alienação fiduciária e, no caso de imóveis, pelo pagamento do ITBI e demais despesas de transcrição, além de taxas em atraso tais como condomínio (inclusive chamadas de capital), marinha (SPU), energia elétrica, água, etc. Ficam desde já as partes, seus cônjuges, se casados forem, credor hipotecário, usufrutuários ou senhorio direto havendo, INTIMADOS pelo presente EDITAL DE INTIMAÇÃO DE PRAÇA/LEILÃO, para todos os atos aqui mencionados, caso se encontrem em lugar incerto e não sabido ou não venham a ser localizadas pelo Sr. Oficial de Justiça, suprindo, assim, a exigência contida no art. 687, § 5°, do CPC.

Informações pelo telefax (47) 3360 9121 – Balneário Camboriú/SC.

Home Page: www.clicleiloes.com.br E-mail: contatosc@clicleiloes.com.br

Camboriú, 13 de outubro de 2009.

RODRIGO SCHMITZ

Leiloeiro Oficial

EDITAL DE PRAÇA / LEILÃO

1ª VARA DA COMARCA DE CAMBORIÚ/SC

1ª PRAÇA/LEILÃO: 26 de OUTUBRO de 2009, às 14h.

2ª PRAÇA/LEILÃO: 09 de NOVEMBRO de 2009, às 14h.

LOCAL: Rua São Paulo nº. 1.271 (Salão do Tribunal do Júri ou Átrio do Fórum), Areias, em Camboriú/SC.

RODRIGO SCHMITZ, Leiloeiro Oficial, matriculado na JUCESC sob n°. AARC/071, devidamente autorizado pelo Exmo. Sr. Dr. PAULO ROBERTO FROES TONIAZZO, Juiz de Direito da 1ª Vara da Comarca de Camboriú/SC, venderá em pública(o) PRAÇA/LEILÃO, na forma da lei, em dia, hora e local acima citados, o(s) bem(ns) penhorado(s) a seguir relacionado(s).

01) Processo 113.08.001615-6 – Exeqüente: Banco Triângulo S/A / Executado: Comercial de Gêneros Alimentícios França Ltda. / Bem(ns): O lote nº. 244 do Loteamento Jardim Monte Alegre, situado no lugar Alegres, em Camboriú/SC, com a área de 252,00m², com as seguintes medidas e confrontações: 12,00m de frente a Oeste, com a projetada Rua “K” (atualmente Rua Monte Lucânia); 12,00m de fundos a Leste, com o lote nº. 222; 21,00m estremando ao Norte, com o lote nº. 243; e 21,00m ao Sul, com o lote nº. 245; edificado com um galpão em alvenaria, com a área de 120,00m², o qual recebeu o nº. 285 da Rua Monte Lucânia (AV.2); matriculado sob nº. 77.752 no 1º ORI de Balneário Camboriú/SC. AVALIAÇÃO (terreno e benfeitoria): R$350.000,00. OBS.: Junto à matrícula do imóvel (atualizada até 25.08.09), consta registrado Ajuizamento de Execução em favor dos presentes autos (AV.8).

Na ocasião da 1ª Praça/Leilão, o(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) por valor igual ou superior ao da avaliação; na 2ª Praça/Leilão, pela melhor oferta, desde que não seja caracterizado preço vil. Quando o valor do(s) bem(ns) penhorado(s) não exceder sessenta vezes o valor do salário mínimo vigente na data da avaliação, em ambas as ocasiões o(s) bem(ns) não poderá(ão) ser vendido(s) por valor inferior ao da avaliação. A comissão do Leiloeiro é de seis por cento e correrá por conta do comprador. Àquele que der causa à anulação do leilão perderá em favor do Leiloeiro a comissão paga. O pagamento da Arrematação/Comissão do Leiloeiro deverá ser efetuado à vista, exclusivamente em cheque, este emitido pelo comprador. Incide taxa de armazenagem sobre o(s) bem(ns) removido(s) ao depósito do Leiloeiro, que será quitada pelo comprador no ato do arremate. Havendo a suspensão ou extinção da execução em virtude de acordo antes do leilão, este somente será suspenso após o pagamento das custas e demais despesas processuais, inclusive aquelas do Leiloeiro. Eventuais ônus existentes sobre os bens levados a leilão deverão ser verificados pelos interessados junto aos órgãos competentes. É de inteira responsabilidade do adquirente o pagamento de despesas de transferência de veículos, bem como de eventuais débitos em aberto junto ao DETRAN; da mesma forma, fica responsável pela quitação de valores existentes relativos à alienação fiduciária e, no caso de imóveis, pelo pagamento do ITBI e demais despesas de transcrição, além de taxas em atraso tais como condomínio (inclusive chamadas de capital), marinha (SPU), energia elétrica, água, etc. Ficam desde já as partes, seus cônjuges, se casados forem, credor hipotecário, usufrutuários ou senhorio direto havendo, INTIMADOS pelo presente EDITAL DE INTIMAÇÃO DE PRAÇA/LEILÃO, para todos os atos aqui mencionados, caso se encontrem em lugar incerto e não sabido ou não venham a ser localizadas pelo Sr. Oficial de Justiça, suprindo, assim, a exigência contida no art. 687, § 5°, do CPC.

Informações pelo telefax (47) 3360 9121 – Balneário Camboriú/SC.

Home Page: www.clicleiloes.com.br E-mail: contatosc@clicleiloes.com.br

Camboriú, 13 de outubro de 2009.

RODRIGO SCHMITZ

Leiloeiro Oficial

EDITAL DE PRAÇA / LEILÃO

JUIZADO ESPECIAL DE CAUSAS CÍVEIS DA COMARCA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ/SC

1ª PRAÇA/LEILÃO: 10 de NOVEMBRO de 2009, às 14h30.

2ª PRAÇA/LEILÃO: 24 de NOVEMBRO de 2009, às 14h30.

LOCAL: Avenida das Flores s/nº. (Salão do Tribunal do Júri ou Átrio do Fórum), Estados, em Balneário Camboriú/SC.

A Excelentíssima Senhora Doutora ALAÍDE MARIA NOLLI, Juíza de Direito do Juizado Especial de Causas Cíveis da Comarca de Balneário Camboriú/SC, na forma da lei, faz saber a todos quantos o presente Edital virem ou dele tiverem conhecimento, que o Juizado Especial de Causas Cíveis da Comarca de Balneário Camboriú/SC levará à venda em arrematação pública, nas datas, local e horário acima e sob as condições ao final descritas, através do Leiloeiro Oficial Rodrigo Schmitz, matriculado na JUCESC sob n°. AARC/071, o(s) bem(ns) penhorado(s) no(s) processo(s) abaixo relacionado(s).

01) Processo 005.07.004628-4/001 – Exeqüente: Condomínio Edifício Paola Gabriela / Executado: Cezidio de Pierri e Charlota Luise Wachs / Bem(ns): (A) Direitos decorrentes da Promessa de Permuta do box garagem nº. 56 do Residencial Paola Gabriela, com a área total de 22,125m², correspondendo-lhe a fração ideal de 2,244m² do terreno com a área de 752,40m², situado na Avenida Brasil nº. 3.700, em Balneário Camboriú/SC; matriculado sob nº. 25.158 no 2º ORI de Balneário Camboriú/SC, avaliados em R$18.000,00. OBS.: Junto à matrícula do imóvel (atualizada até 24.09.09), consta que os direitos decorrentes da referida Promessa de Permuta do box de garagem pertencem à Empreiteira de Mão de Obra Sem Nome Ltda. (R.); também consta registrada Penhora em favor do processo 2137/00 (R.1), Destituição da Incorporadora (AV.2), além do protocolo nº. 56101 de 10.03.09 (Mandado Judicial – VEF – Penhora – AT 2137/00) em processo de “Exigências”. Segundo Auto de Penhora e Avaliação da fl. 91, o referido box de garagem está localizado no G3 do Residencial Paola Gabriela e trata-se de vaga rotativa (dois veículos por vaga). (B) Direitos decorrentes da Promessa de Permuta do box garagem nº. 57 do Residencial Paola Gabriela, com a área total de 22,125m², correspondendo-lhe a fração ideal de 2,244m² do terreno com a área de 752,40m², situado na Avenida Brasil nº. 3.700, em Balneário Camboriú/SC; matriculado sob nº. 25.159 no 2º ORI de Balneário Camboriú/SC, avaliados em R$18.000,00. OBS.: Junto à matrícula do imóvel (atualizada até 24.09.09), consta que os direitos decorrentes da referida Promessa de Permuta do box de garagem pertencem à Empreiteira de Mão de Obra Sem Nome Ltda. (R.); também consta registrada Penhora em favor do processo 2137/00 (R.1), Destituição da Incorporadora (AV.2), além do protocolo nº. 56101 de 10.03.09 (Mandado Judicial – VEF – Penhora – AT 2137/00) em processo de “Exigências”. Segundo Auto de Penhora e Avaliação da fl. 91, o referido box de garagem está localizado no G3 do Residencial Paola Gabriela e trata-se de vaga rotativa (dois veículos por vaga). Total da Avaliação: R$36.000,00.

Na ocasião da 1ª Praça/Leilão, o(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) por valor igual ou superior ao da avaliação; na 2ª Praça/Leilão, pela melhor oferta, desde que não seja caracterizado preço vil. Quando o valor do(s) bem(ns) penhorado(s) não exceder sessenta vezes o valor do salário mínimo vigente na data da avaliação, em ambas as ocasiões o(s) bem(ns) não poderá(ão) ser vendido(s) por valor inferior ao da avaliação. A comissão do Leiloeiro é de cinco por cento e correrá por conta do comprador. O pagamento da Arrematação/Comissão do Leiloeiro deverá ser efetuado à vista, exclusivamente em cheque, este emitido pelo comprador. Eventuais ônus existentes sobre os bens levados a leilão deverão ser verificados pelos interessados junto aos órgãos competentes. É de inteira responsabilidade do adquirente o pagamento de despesas de transferência de veículos, bem como de eventuais débitos em aberto junto ao DETRAN; da mesma forma, fica responsável pela quitação de valores existentes relativos à alienação fiduciária e, no caso de imóveis, pelo pagamento do ITBI e demais despesas de transcrição, além de taxas em atraso tais como condomínio (à exceção das ações de execução de sentença de cobrança de taxas condominiais), marinha (SPU), energia elétrica, água, etc. Ficam desde já as partes, seus cônjuges, se casados forem, credor hipotecário, usufrutuários ou senhorio direto havendo, INTIMADOS pelo presente EDITAL DE INTIMAÇÃO DE PRAÇA/LEILÃO, para todos os atos aqui mencionados, caso se encontrem em lugar incerto e não sabido ou não venham a ser localizadas pelo Sr. Oficial de Justiça, suprindo, assim, a exigência contida no art. 687, § 5°, do CPC.

Informações pelo telefax (47) 3360 9121 – Balneário Camboriú/SC.

Home Page: www.clicleiloes.com.br E-mail: contatosc@clicleiloes.com.br

Balneário Camboriú, 02 de outubro de 2009.

ALAÍDE MARIA NOLLI

Juíza de Direito

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE PAPEL, PAPELÃO, CORTIÇA, ARTEFATOS DE PAPEL, EMBALAGENS DE PAPEL, EMBALAGENS PLÁSTICAS, RECUPERAÇÃO DE PLÁSTICOS, SUCATAS DE PAPEL, METÁLICAS E PLÁSTICOS E SIMILARES DE ITAJAÍ, convoca to¬dos os trabalhadores da KLABIN – ITAJAÍ, todos com data base em 1º novembro, para participar da Assembléia Geral Extraordinária que será realizada no dia 18 de outubro de 2009, as 8 horas e 30 minutos em primeira convocação, com quorum qualificado ou as 9 horas e 30 minutos com qualquer numero de participantes, tendo como local a Casa do Trabalhador, sito a rua José Siqueira, 90 Bairro Ressacada, Itajaí/SC, para deliberarem sobre as seguintes:

ORDENS DO DIA

1º – Apresentação, análise, discussão e votação do Rol de Reivindicações para negociar com a categoria patronal, no período base de 01/11/2009 a 31/10/2010;

2º – Outorga de poderes ao Presidente do Sindicato e/ou Diretores do Sindicato Profissional, para negociar com os representantes patronais, no período base de 01/11/2009 a 31/10/2010, bem como firmar Acordos, Convenções, Programas de Participação nos Lucros e/ou Resultados e termos aditivos de trabalho para o referido período;

3º – Autorização, caso malogrem as negociações, ao Presidente do Sindicato, indicar mediador ou aceitar ao mediador indicado pelo patronal, bem como solicitar mediação do Ministério do Trabalho e, ainda, para ajuizar os competentes Dissídios Coletivos de Trabalho, se necessário, contratando advogados para os mesmos;

4º – Aprovação de uma contribuição de todos os trabalhadores, associados ou não ao Sindicato Profissional, representados por esta entidade, que será descontada em folha de pagamento salarial, para o custeio do sistema confederativo da representação sindical respectiva, autorizado pelo artigo 8º, inciso IV, da Constituição Federal;

5º – Discussão e deliberação sobre a fixação do valor a que trata o item 4º acima, sistema de arrecadação e partilha da referida contribuição para o custeio do sistema confederativo entre Sindicato, Federação e a Confederação da representação sindical;

6º – Alertamos que a Assembléia geral tem poderes deliberativos e que as decisões tomadas, atingirão todos os integrantes da categoria profissional representada por esta entidade sindical, independente de seu comparecimento, associados ou não associados. Lembramos ainda, que para fins de oposição ao desconto da contribuição instituída de acordo com o item 4º da ordem do dia deste edital, onde os trabalhadores que assim o desejarem deverão fazê-lo no prazo de 10 dias a contar da data de realização da assembléia, entregando pessoalmente, carta de oposição junto a entidade profissional.

Itajaí, 01 de outubro de 2009.

JOSÉ ELIAS BERNARDES

Diretor – Presidente

COMUNICADO

A empresa ALEGRA LTDA EPP, situada em Balneário Camboriú/SC, a Avenida Brasil, 1271, Centro, IE nº 254.154.417 e CNPJ nº 04.069.349/0001-83, comunica o extravio da máquina de ECF, marca Bematech, de nº 4708001090372, versão 3.26, caixa 01 lacrada em 2001 na SEF/SC.

EDITAL

ALCEU DOS SANTOS FILHOS, residente e domiciliado na cidade de Balneário Camboriú – SC, faz saber, a quem interessar possa, conforme determinação judicial, nos termos do artigo 34, da Lei de Desapropriação, que foi declarado de utilidade pública, para fins de desapropriação, pelo Município de Balneário Camboriú, “um terreno situado na cidade de Balneário Camboriú – SC, a rua Argélia, com área de 869,12 m2 (oitocentos e sessenta e nove metros e doze centímetros quadrados”, representado pela ÁREA “I” de fase 2 do desmembramento de José Albereci, bairro das Nações, medindo 17,00 m (dezessete metros), de frente ao Leste, em uma rua projetada existente; 17,17 m (dezessete metros e dezessete centímetros) de fundos ao Oeste na rua Argélia; extrema ao Norte, onde mede 50,75 m (cinquenta metros e setenta e cinco centímetros) com as áreas “F” e “G” da fase 2, e ao Sul, onde mede 51,50 m (cinquenta e um metros e cinquenta centímetros), com terras do loteamento de João Rucinski. Devidamente registrado no R. I. do 1º Ofício sob o nº 33024 e cadastrado na Prefeitura Municipal sob o nº 24491”, e que se encontra na posse do mesmo. Assim, não existindo qualquer contestação acerca do domínio deste sobre o imóvel em questão, este será o legitimado a receber o valor depositado judicialmente nos autos da Ação de Desapropriação nº 005.08.004864-5, em trâmite perante a Vara de Fazenda Pública da Comarca de Balneário Camboriú – SC.

Balneário Camboriú – SC, 06 de outubro de 2009.

ALCEU DOS SANTOS FILHO

  •  

Deixe uma Resposta