• Postado por Tiago

China arrasta os emergentes

O cenário que estamos vivenciando nas últimas semanas apenas comprova o que já prevíamos: favorável para os emergentes, com a China, impulsionada pelo seu projeto de recuperação, levando junto os vendedores de commodities, incluindo o Brasil.

A Bovespa e seu limite

A forte entrada de capital estrangeiro na Bovespa é positiva para os negócios, mas não é hora de sobrevalorizar esse fato. A Bovespa não tem como ir muito além dos 50.000 pontos no curto prazo. os motivos são óbvios: os balanços brasileiros, na média, estão 30% abaixo se comparados com o mesmo período do ano passado, houveram muitas demissões, os investimentos foram parcialmente adiados e, segundo a SERASA, a inadimplência das empresas em abril subiu 14%.

Mas em níveis estabilizados

Mas há que se admitir: mantendo-se este quadro positivo de recuperação que estamos vivendo, continua o espaço para novas quedas de juros e isso faz com que a bolsa se segure em níveis estabilizados, melhorando nossa condição macroeconômica e nossa percepção aos investidores estrangeiros.

Produção industrial tímica

Outro aspecto relevante é que a situação da produção industrial, mesmo que ainda fraca, está subindo nos últimos meses. O IPEA aponta, para abril aponta para abril um avanço de 1,8% na produção com ajuste sazonal, em relação à março.

Pressão no dólar

Neste cenário positivo, o dólar é que acaba sendo pressionado. O Banco Central voltou às compras, no mês de maio, após oito meses. Ainda assim não impediram novas quedas e a cotação vem se segurando nos R$ 2,00. Alie-se a este fator a possibilidade próxima de melhora de classificação de risco do país e o fluxo cambial positivo em US$ 3 bilhões nos 15 primeiros dias úteis de maio. Resultado: a cotação deve continuar bastante pressionada.

Hipotecas recuam nos EUA

As vendas de imóveis usados nos EUA subiram 2,9% em abril. Resultado que apesar de pequeno, ficou acima do que previam os analistas. O volume de pedidos de hipotecas nos EUA diminuiu 14% na semana passada. Pedidos de hipotecas para refinanciar empréstimos recuaram 18,9%. A confiança do consumidor subiu bastante nesta última medição.

Fim da crise?

Paralelamente, há um certo consenso de que o mercado de trabalho já saiu do fundo do poço. Os pedidos de seguro-desemprego mostram-se em trajetória descendente, desde o recorde de 674 mil em março. Todos estes aspectos positivos levam os bancos Societe Generale e o First Trust a acreditarque a economia americana inicia sua recuperação. “Emergem as evidências de que a recessão pode ter acabado em maio”, conclui o relatório de uma daquelas instituições.

Edward Mundy é consultor financeiro da Mundy Intermediação & Finanças Corporativas [edward@mundyintermediacao.com.br / www.mundyintermediacao.com.br]

Entenda o economês

IPEA – O instituto de pesquisas econômicas e aplicadas é uma fundação do governo ligada ao Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência da República do Brasil. Suas pesquisas e estudos servem pro presidente formular de políticas públicas e programas de desenvolvimento.

Emergentes – São países como o Brasil, antigamente considerados de terceiro mundo, e que começam a se industrializar e a se equiparar com as nações mais desenvolvidas. Além do Brasil, Índia, China e México são considerados emergentes.

  •  

Deixe uma Resposta