• Postado por Tiago

INTERNA-BAIXO-PAG-22---s---egon-da-rosa---foto-capitao-caverna---28.07.09-(7)

Egon mostra documento que a FME mandou pra FCF

Ser torcedor do Marcílio Dias é quase um teste pra cardíaco. Ainda mais este ano, quando o clube sofreu dois rebaixamentos seguidos: o Catarinense e a série C do Brasileiro. Se não bastasse essa tristeza toda, uma nova notícia pode alterar os nervos de muito torcedor. O ex-presidente do time, Egon da Rosa, anunciou ontem, em entrevista exclusiva ao DIARINHO, que muito em breve estará de volta. ?Vou voltar, pode escrever?, disse

Egon, que atualmente é presidente do Navegantes Esporte Clube, se diz marcilista de coração e revoltado com a atual situação do clube peixeiro. Por isso, sua vontade de voltar à direção do clube só cresce. Ele, inclusive, apoia a iniciativa da organizada Fúria Marcilista, que espalha faixas por Itajaí pedindo a saída da atual diretoria do Marinheiro. ?Eles deveriam sair, por hombridade. Vão até entrar pro livro dos recordes, dois rebaixamentos em um ano. É uma vergonha e isso eu nunca fiz?, afirmou.

Egon teve uma passagem mais do que polêmica pelo Marinheiro. Além de ser acusado de ter feito muitas falcatruas quando presidente, a atual direção afirma que toda a documentação do clube sumiu após sua saída. Mas Egon garante que não tem medo dessas acusações e propõe até um debate entre os últimos presidentes do clube. ?Eu desafio Marlon Bendini, Carlos Crispim, Normélio Weber e Gilmar Egídio de Souza pra falar toda a verdade sobre o Marcílio Dias?, lascou.

Egon garantiu estar disposto a falar tudo o que sabe, além de desmentir muita coisa dita por aí. ?Disseram que eu fiz e aconteci, roubei. Mas nunca provaram nada?, completou.

Cagadas do NEC

O cartola aproveitou pra tentar explicar os rolos do Nequinho, que tá fazendo vergonheira no Catarininha. O último deles foi o jogo que não rolou no domingo, contra o Camboriú. Egon garantiu que foi sacanagem do pessoal da fundação de esportes de Balneário Camboriú. ?Era o primeiro clássico da região. Foi irresponsabilidade do pessoal da fundação?, disse.

O presidente do NEC jurou que não sabia que o estádio das Nações seria usado pra um evento e que só foi avisado no final da tarde de sábado. Ele falou que Sandro Bernardoni, chefão da FME, teria mandado um ofício pra Federação Catarinense de Futebol brecando a utilização do campo por ?não se encontrar em condições de uso?.

Egon acha que a sacanagem passa por esse fato, já que no documento enviado pra FCF às 16h35 de sexta-feira o evento de domingo não é citado. ?Se eu soubesse que o campo estaria sendo usado, teria mudado a data ou o horário do jogo, óbvio. E outra: quem deve dizer se um campo tem condições de receber jogo, ou não, é a arbitragem deste jogo?, finalizou.

O abobrão da FME do Balneário tava em reunião ontem e não atendeu o DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta