• 16 jul 2009
  • Postado por Tiago

RESORT

A construção de um resort na Praia de Laranjeiras em área de preservação permanente é a mais nova dor de cabeça do prefeito Edson Periquito (PMDB). O projeto teria sido aprovado pelo secretário de Planejamento, Claudir Maciel (PPS), que preside o Conselho da Cidade, que não tem competência legal para este tipo de proposta.

PARCEIROS

Coincidentemente o responsável pela aprovação de projetos na prefeitura é o vereador Claudinei Loos (PMDB) de Camboriú. O engenheiro já mandou informar que desconhece o projeto porque ainda não o recebeu.

RECEBENDO

Agora o que o prefeito-ave tem que mandar investigar é se alguém está, literalmente, recebendo por fora para encaminhar e aprovar tais projetos. Nem nos tempos em que tudo valia na construção civil, lá pelos idos de 1981/82, a prefeitura permitiu construir naquele local, como queria a Construtora H. Schultz.

REFÉM

Recebi a informação privilegiada de que Periquito está tendo dificuldades para montar a equipe que julga ideal para administrar Balneário Camboriú. Um dos problemas é o secretário Claudir Maciel que, se retornar à Câmara, passaria imediatamente de “amigo” para “inimigo”. O ex-menino pobre do bairro dos Municípios teria “cartas na manga” suficientes para detonar o governo.

MEDO

O outro que tem o prefeito nas mãos é o secretário Marcos Weinsheimer, que inclusive cuida dos interesses pessoais no caso do “fantasma Waldemar”. Com “amigos” como estes, quem precisaria de “inimigos”?

ANIVERSÁRIO

Quem completa 29 anos na próxima segunda-feira é a Rádio Camboriú. Mas a festa vai ficar por conta da Rádio Menina, que sopra 20 primaveras. A Camboriú foi a primeira emissora da cidade, instalada em 1980. A cria do Duca só foi ao ar nove anos depois, junto com a 99FM do Waldir Eduardo Martins Filho, no início do ano.

É VERDE

Coincidência ou não, as camisetas que identificarão os convidados especiais serão todas verdes. Não, não é sobra da campanha do Periquito. E o pior que não posso nem criticar, já que consultado pela equipe que organiza a festa, lembrei que o verde é a cor ideal pra o litoral.

2010

Pintando no espaço político o nome do Secretário Municipal de Segurança, Nilson Probst (PMDB), como o provável candidato do executivo a uma vaga na Assembléia Legislativa em 2010.

SEGURANÇA

Talvez por isso a pressa em implantar a Guarda Municipal armada e pronta para atirar, mesmo com um projeto de lei que não explica como será o funcionamento e muito menos os altos investimentos para o início das atividades, com apenas 50 guardas. Será que já pensaram na escala de trabalho, pois se a carga horária for condizente com o mínimo necessário, quantos homens permanecerão em rondas no mesmo período?

EXEMPLO

Um exemplo disso são os monitores de trânsito que não conseguem monitorar nada e nem impedir os grandes congestionamentos que diariamente se formam na cidade. E olha que não são poucos. Estão muito mais para multar do que para controlar.

CONFIANÇA

Nilson Probst, que é vereador licenciado, já foi homem de confiança do atual chefe da Polícia Civil de Santa Catarina, Maurício Eskudlark (PSDB) e trabalhou para o delegado quando este se candidatou a deputado federal, em 2006. Depois pulou para o lado do Homem Ave.

DENÚNCIA

A coisa é feia, muito grave e tem tudo para complicar ainda mais a situação de Angelina Schneider, ex-presidente da Associação dos Moradores do Bairro das Nações. Acontece que estamos apurando informação que recebemos de que Angelina se apoderou de algumas cestas básicas enviadas a Balneário Camboriú pela Defesa Civil para ser distribuídas às vítimas das enchentes.

POLITICAGEM

A informação coincide com outra informação recebida, há alguns meses, de que uma sala localizada na avenida Palestina, de propriedade do marido de Angelina, o suplente de vereador Celso Schneider, estava sendo usada como depósito das cestas básicas. Finalizando, as cestas foram distribuídas no último final de semana, justamente quando houve eleição para a escolha de novas diretorias de várias associações de moradores. Tem mais: outras cestas, segundo a informação, serão distribuídas durante a eleição para o Conselho Tutelar.

DUWE E BERNARDOINI

Alexandre Duwe, nomeado para presidir a comissão criada por Edson Renato Dias, afim de chegar a um consenso sobre a forma de gestão para o Hospital Municipal Ruth Cardoso, foi muito elogiado na sessão de terça-feira (14) da Câmara de Vereadores. Por outro lado, o superintendente da Fundação Municipal de Esportes, Sandro Bernardoni, recebeu duras críticas ao seu trabalho e até mesmo à vaidade pessoal. Realmente Bernardoni dificilmente conseguirá emplacar no cargo.

DESMERECIMENTO

Tentaram desmerecer o prefeito Rubens Spernau; depois tentaram desmerecer a obra do Hospital Ruth Cardoso; depois tentaram desmerecer a forma de gestão; depois o secretário de Estado da Saúde; como não havia outra alternativa a não ser abrir o hospital, agora tentam desmerecer a presidente da WFO, Deisi Kustra, que nas próximas horas deve apresentar a prestação de contas na Câmara Municipal.

TODO VAPOR

Assim informava o release da Prefeitura de Balneário Camboriú, há um mês, sobre as obras da Quinta Avenida. É mole? Mais uma: outro release, lembram? Falava que foi o maior carnaval dos últimos anos. Por último, reconquista do mercado paraguaio. Parece que ainda não acordaram e continuam brincando de administrar o município.

TEATRO MUNICIPAL

Vereadores Orlando Angioletti (DEM) e Dão Koeddermann (PSDB) denunciam o abandono da obra do teatro municipal. Mais uma obra que poderia ser inaugurada no mês de julho, quando o município comemora seus 45 anos de idade, mas por falta de capacidade ou simples motivação política a administração preferiu não atender um antigo sonho da comunidade.

QINTA AVENIDA

Vereadores de oposição criticam também o ritmo lento da obra da Quinta Avenida, além do que consideram erros no projeto implementado pela nova administração. A distância dos contornos e a altura do canteiro central, da ciclovia e as alças.

45 ANOS

Outra crítica do vereador Dão Koeddermann diz respeito ao mal gosto da decoração referente a passagem dos 45 anos de emancipação político-administrativa de Balneário Camboriú. Informamos que a decoração em postes, de acordo com lei municipal de 1990, somente é liberada para o período natalino.

AMENIZANDO

Prefeito Edson Periquito (PMDB) tenta amenizar o impacto do número “45” nas comemorações do aniversário de emancipação Político-administrativa de Balneário Camboriú. Marcou para esta quarta, 15, o lançamento do selo e do carimbo comemorativos aos 45 anos que os Correios pretendem fazer.

VISITA

E de quebra, Periquito recebeu a visita do presidente estadual do PMDB, Eduardo Pinho Moreira, também nesta quarta, 15. O ex-presidente da Celesc estava completando aniversário.

  •  

Deixe uma Resposta