• 21 jul 2009
  • Postado por Tiago

TRABALHANDO

Encontrei o Sandro Bernardoni envolvido com a programação alusiva aos 45 anos de emancipação do Balneário. Não chegamos a falar mais profundamente sobre a Fundação Municipal de Esportes, entidade da qual ele é o superintendente. Mas estou devendo uma visita à entidade que devo fazer nos próximos dias.

A FAVOR

Nota da última coluna sobre autorização para a construção de um resort na Praia de Laranjeiras deflagrou muitas opiniões sobre a questão. “Sou favorável ao desenvolvimento do turismo sustentável”, destacou o advogado Valdir de Andrade, que foi o relator do projeto perante o Conselho da Cidade.

CONTRA

“Eu penso diferente deles, considero que estragar aquele anfiteatro natural exuberante é um crime contra Balneário Camboriú, cujo principal patrimônio é sua beleza”, escreveu o jornalista Waldemar Cezar Neto, do semanário Página 3.

APROVAÇÃO

Por via das dúvidas, é bom informar que a aprovação foi para que a proposta siga os seus rumos legais, passando por audiências públicas e posterior votação na Câmara Municipal.

CONFRATERNIZAÇÃO

Entre muitos companheiros de profissão, reencontrei o Melo Filho, mais o Wilmar Corrêa e o Luciano Sens, durante programa comemorativo aos 29 anos da Rádio Camboriú. Luciano, o mais jovem entre os entrevistados do Nenito Costa, escreveu a história da emissora como trabalho de conclusão do curso de Jornalismo da Univali.

VENCIDA

A farra da cesta básica, bastante comentada nos últimos dias, em Balneário Camboriú, tem mais um agravante: as cestas que foram cedidas pela Defesa Civil no início do ano e que somente agora estariam sendo distribuídas, em plena eleição para as diretorias de associações de bairros e Conselho Tutelar, segundo as informações, estão com o prazo de validade vencido.

EXPLICANDO

Recebi telefonema do Celso Schneider, suplente de vereador do PMDB, que promete tirar qualquer dúvida que se possa ter a respeito desta “farra”.

PROGRESSISTA

O Partido Progressista (PP) em Balneário Camboriú encontra dificuldades para unir as principais lideranças. Embora o destacado desempenho na Câmara Municipal, o vereador José Hannibal tem sido hostilizado pelo presidente da sigla, ex-vereador Fábio Flor. Enquanto Hannibal adotou posicionamento independente, o presidente e ex-vereador Fábio Flor está fechado com a administração municipal.

GUERRA

Fábio Flor não participou de recente reunião solicitada por Hannibal para receber o deputado Joares Ponticelli, presidente estadual dos progressistas. Fora isso, Flor indicou outro nome para representar o PP no Conselho Municipal da Juventude, deixando de apoiar o filho do vereador, que colocou seu nome como candidato a presidente.

INTERVENÇÃO

Se continuar a guerra entre as duas lideranças, tudo leva a crer que a executiva estadual será forçada a intervir novamente no diretório municipal a fim de colocar no comando um nome de consenso, que tenha condições de unir os dois grupos no sentido de somar pontos em vista a eleição de 2010.

ESQUECIDO

Um nome que muito se destacou pelo desenvolvimento do esporte em Balneário Camboriú e que hoje permanece esquecido, de forma injusta, sem merecer citações nem ao mesmo quando presente nas sessões do legislativo municipal, e que hoje vamos aproveitar a coluna para tentar prestar um reconhecimento: Ademar José da Silva.

CME e LAFA

Junto com João Jorge Pio, Teixeirinha, Sérgio Laus, Laércio José da Silva e outros aficcionados do esporte, Ademar ajudou a montar a Comissão Municipal de Esportes (CME) que participou pela primeira vez dos Jogos Abertos de Santa Catarina, assim como o Campeonato Municipal de Futebol de Salão, e a Liga Amadora de Futebol de Areia, que organiza o tradicional Campeonato de Futebol de Areia. Também participou como um dos fundadores de outro clube de tradição, o Tubarões Esporte Clube.

CANDIDATO

E não podemos esquecer que o Ademar participou ativamente da vida política na cidade. Presidente do MDB velho de guerra, disputou a prefeitura em duas oportunidades: em 1976, tendo Vigando Fischer como vice: e, em 1982, com Sérgio Laus.

LUTO

Prefeito Edson Renato Dias conseguiu, enfim, ter a iniciativa de uma atitude simpática em relação aos adversários políticos. Decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Rosina Pavan, matriarca da família do vice-governador Leonel Pavan, ocorrido na madrugada de domingo. Há quem não se conforme e insiste em dizer que o luto foi decretado em razão da morte de um ilustre peemedebista.

VOLTA POR CIMA

Dinho Schmidt sofreu problemas ao assumir uma gerência na SDR (Secretaria de Desenvolvimento Regional) de Itajaí, inclusive com a tentativa de altos próceres do PMDB em tentar impedir a posse. A solução foi trabalhar quietinho, e aos poucos ir mostrando trabalho. Hoje, prestes a completar o segundo mês, Dinho começa a ver reconhecimento pelo seu empenho. Está feliz e seguro no cargo.

REVOLTA

Pizzaiolos do país revoltados com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela comparação que fez ao declarar que no senado federal “há bons pizzaiolos”. Por outro lado, quando são elogiados, os senadores ficam revoltados.

1ª DIVISÃO

Bastante empolgada na coletiva sobre a prestação de contas dos seis primeiros meses de sua administração, a prefeita Luzia Coppi anunciou que pretende reformar e ampliar o Estádio Municipal “Robertão” e apoiar o time da cidade para que dispute o Campeonato Estadual da 1ª Divisão.

VENCER

Só que o Camboriú F.C. tem que fazer a parte que lhe cabe. No domingo passado, a equipe (até então chamada de Camboriuense) não passou de um empate com o Juventus de Jaraguá do Sul. Ocupa a sétima posição e somente duas equipes se classificam para o Campeonato Catarinense da 1ª Divisão do próximo ano.

UMA PONTINHA

O fechamento de 13 bancas do jogo do bicho no Balneário e outras quatro em Camboriú é apenas uma pontinha do iceberg. Se for detonada a verdadeira grande operação que se imagina, teremos muita gente boa se esclarecendo perante a Justiça.

ENCONTRO

Nas comemorações dos 45 anos do Balneário, no Calçadão da Central, encontro, juntos, Álvaro Silva, ex-vereador e prefeito do Balneário (substituiu João Higino Pio após sua trágica morte em 1969); Roberto Lippmann, Osmar Nunes Filho (o Mazoca),Gilberto Gadotti (que está retornando à Secretaria de Desenvolvimento Regional), Ademar Silva e Carlos Alberto Spinelli. Tomando um cafezinho e lembrando os bons tempos…

COBRANÇA

Tem membro do Conselho Municipal de Segurança indagando quem autorizou aquela vereadora ser intermediária de uma agência de publicidade, usando o nome do Conseg, junto ao empresariado local.

HOMENAGEM

E, na tal homenagem, esqueceram dos nossos pescadores e dos primeiros turistas que vieram do Vale do Itajaí. Nada contra quem chegou depois, mas eles sim foram os pioneiros.

  •  

Deixe uma Resposta