• 01 out 2009
  • Postado por Tiago

PeRIQUITADAS

Enquanto o presidente estadual do PMDB, Pinho Moreira, procurava o vice-governador Leonel Pavan (PSDB) para uma conversa ao pé do ouvido, o prefeito Edson Renato Dias (PMDB) recebia em seu gabinete o delegado regional de polícia Ademir Serafim (PSDB) para um bate-papo legal. Junto com ele estavam os também delegados Magali Ignácio, Alonso Moro Torres, Artur Nitz, Fábio Osório (Camboriú), Jorge Carlos Schlosser e o gerente de informática e tecnologia da polícia civil, Luiz Rosa.

APOIO

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura do Balneário, os delegados foram dar apoio à criação da guarda municipal. Mas rolaram outros assuntos, como saúde, educação e segurança. Neste ano 28 mil ocorrências deverão ser registradas em Balneário Camboriú.

ESTAGIÁRIOS

Pelo menos alguma coisa boa. Falei com o agora tucano dotô Ademir e outros delegados que estão satisfeitos com a retomada do número de estagiários à disposição da Polícia Civil. Assim permite que o contingente policial, que não é muito, possa ser efetivamente usado na suas funções e não ficar atendendo questões burocráticas como, por exemplo, o registro de documentos perdidos.

EQUILÍBRIO

Teve até um dos visitantes do reino da Dinamarca que me confidenciou (e o nome eu não revelo nem sob tortura) que o Periquito tem boas intenções. O que falta é um pouco de equilíbrio emocional e uma assessoria mais competente. Concordo com a declaração. O prefeito tem que deixar de implicar e começar a trabalhar.

REUNIÃO

Passado o primeiro impacto da ação da força-tarefa na região do Monte Alegre, a equipe da segurança começa uma aproximação maior com a comunidade. Ontem (30) aconteceu um encontro com alunos, professores, funcionários e pais no CAIC. Delegado regional Ademir Serafim, o diretor geral da PC, Maurício Skudlark, a prefeita bicuda Luzia e outros delegados e comissários participaram.

CONCURSO

Dotô Maurício sugeriu que a equipe de pedagogos do CAIC (e tem isso?) promovesse um concurso de redação sobre segurança pública entre a gurizada. É uma grande ideia (e nem é a 51), já que ali estudam crianças de até 12 anos e muitos acham que polícia é só para prender.

NÃO ENTENDO

Enquanto o Tribunal de Contas do Estado procura sempre moralizar a administração pública, tem vereador que ainda tenta defender quem age de forma errada. Foi o que aconteceu lá pras bandas da Penha. Os três vereadores do PMDB (Aquiles, Benjamim e Sérgio) estão querendo transformar o ex-prefeito Jucemar Coelho em vítima, quando na realidade, perante o TCE, ele é o vilão.

DESVIOU

Ao desviar preciosos recursos da Educação para outros setores, ele deixou de cumprir com as suas obrigações constitucionais. Foi contra a lei e por isso, a condenação. Com certeza os três vereadores não devem ter filhos na rede pública, porque, se a atual administração não correr atrás de recursos e investir no aumento do número de salas, vai faltar vagas para as crianças da Penha. É um dos prejuízos dos 12 anos do Coelho que agora a comunidade começa a contabilizar.

CHORANDO

Lá pras bandas da Tapera, a nossa querida Itapema dos dias atuais, o vereador professor Vieira chorando as pitangas porque o governo do Estado vai devolver para o município a responsabilidade com o ensino fundamental (1ª a 9ª série). Há pelo menos duas décadas se sabia que isso iria acontecer. A Lei de Diretrizes Básicas da Educação prevê a responsabilidade dos governos Federal, Estadual e Municipal com a educação.

BATATINHA

O “professor” deveria ter chorado quando a prefeitura de Itapema, na primeira gestão do também “professor” Sabino, comprou para a merenda escolar batatinha superfaturada. Aquela que saia por 50 centavos o quilo nos mercados da região e foi adquirida por R$ 3, em plena safra, quando por este valor, nas áreas de produção, dava para comprar um saco de 50 quilos. Foi o purê de batata mais caro que eu tive conhecimento. E nem me deixaram provar a comida milionária.

BAIANADA

Enquanto tem gente pedindo ajuda em função das alagações e desmoronamentos constantes, o nosso querido prefeito vai à Bahia. E de lá anuncia a parceria para promover o Carnaval de rua do Balneário Camboriú. Só falta achar baiano doido pra deixar Salvador e se aventurar por essas bandas. A não ser que o “cascalho” seja muito bom. Vai ser um verdadeiro “samba do crioulo doido”.

CALÇADÃO

Periquito andou dizendo que viu muita coisa boa por lá e quer trazer tudinho pra cá. Estou até imaginando o nosso calçadão, da avenida Central, passando pela rua 11, rua 53, praça Higino João Pio e avenida da Lagoa, sem falar na avenida Atlântica, repletas de baianas em trajes típicos vendendo acarajé, etc e tal…

ESPETINHO

E, pra variar, vendedores de queijo assado naquelas latinhas soltando fumaça nos olhos dos turistas, churrasquinho de gato em tudo que é canto, lixo se acumulando, barraquinhas da bebida do demônio (ou capeta, pra quem prefere), trombadinhas e tudo mais. Você já foi à Bahia? Salvador, a capital, história e uma cultura fervilhante, mas não faz o nosso estilo. É bom só pra passeio e ainda sim com as mãos nos bolsos, segurando a carteira.

MELHORIAS

Enquanto isso… a gente continua aguardando a tão sonhada reurbanização do calçadão…

TÁXIS

A prefeitura, querendo valorizar e melhorar o nosso turismo, poderia começar mandando fiscalizar os táxis e mototáxis. Vou dar um exemplo. A lei prevê que as concessões não podem ser vendidas. Mas vários dos veículos utilizados como táxis já são de um único proprietário. E a cooperativa de um dono só.

TABELA

E aí o preço não é mais o mesmo definido por decreto do prefeito. Com a cumplicidade de alguns porteiros de hotéis (quero crer que os patrões não estejam nessa) existe uma tabela paralela. E o preço é bem mais salgado do que a oficial. O turista, para não perder o horário do avião ou do ônibus, acaba tendo que pagar. Imagine a publicidade negativa que ele fará da cidade.

REALIDADE

Quando digo que quem não se vendeu está se acertando, tem gente que acha que não estou falando a verdade. Se você quiser ser honesto consigo mesmo, vá até a Quinta avenida (bairros Vila Real e dos Municípios) e confira com os próprios olhos as obras de reurbanização. Isso porque, em maio, prometeram que ela estaria pronta para o aniversário da cidade, que foi em 20 de julho.

CONDENADO

O André Gobbo, assessor especial de relações institucionais do prefeito Sabino Bussanello (PT) de Itapema, foi condenado pelo Tribunal de Justiça a pagar uma indenização de R$ 5 mil. Foi porque estampou na capa de um jornal, que era de sua propriedade, a foto de uma criança para ilustrar matéria sobre a miséria no município e, por consequência, contra o ex-prefeito Clóvis Rocha.

CONTINUA

Vai ter que pagar indenização para a família do garoto, que pelo menos deverá ter um dinheiro extra pra planejar melhor o Natal. Os bolsões de pobreza no município, infelizmente, continuam, aliás, até aumentaram. E não foi o cargo cheio de pompas (e não pombas) que ocupa que tem feito a situação melhorar.

  •  

Uma Resposta to “ELIAS SILVEIRA”

  1. cambc Diz:

    Alo Journalista Elias Silveira… Acho gozado Você lembrar sómente agora que existem os Cafetões de Moto-Taxizsta, Pontos de Taxi, que os Quiosques da Praia cuja a Lei de Concessão é explicita, esta tudo Vendido, alugado, arrendado, a maioria na maõ de um GRUPO, o mesmo acontecendo com as Bancas de Milho e Churros, Conselhos Municipais, e assim vai e vc nestes últimos vinte anos não Lembrou disto…?… E agora espera que esta Máfia seja desfeita em poucos MESES…???.. Para na Elias SIlveira… tudo no seu tempo, o que não se pode é inviabilziar toda uma estrutura de uma Cidade … parando tudo… pois se fosse por sua cabeça teria que Fechar TUDO … edaí como fica a temporada. Esta se tenda reorginizar setores, como aconteceu com o COnselho Municipal de Turismo, Guias de Turismo, O Tráfico de ônibus de Turismo, a questão da Segurança Pública e assim vai… Vamos ser sensatos… TUDO NO SEU TEMPO caro Jornalista…Na verdade NUNCA a sociedade Organizada deste município teve tanto respaldo e respeito com vem tendo neste primeiros meses de Governo … Ou VC também deseja que se INVIABILIZE tudo e a Economia do Município desta Cidade sofra as conseqüencias, desemprego e caos….
    SDS
    Carlos Dickmann – CIDADÃO DAQUI….

Deixe uma Resposta