• 21 jan 2010
  • Postado por Tiago

BLOCO

Os vereadores Orlando Angioletti (DEM) e José Carlos Hannibal (PP) ficaram cansados de serem apenas mais dois votos no bloco da oposição na câmara do Balneário. Decretaram a própria alforria e formaram o bloco independente denominado “Identidade e Respeito”.

DIVISOR

A nova composição vai contrabalançar as decisões na câmara, que fica agora com quatro vereadores (todos do PSDB) na verdadeira oposição e quatro (dois do PMDB, um do PPS e outro do PR) na situação. O terceiro bloco terá que ser ouvido na maioria das votações.

PASSARINHOS

Esse novo bloco também está sendo chamado de “os emplumados”. Justifica-se: tanto pode pender para a ave menor (periquito) quanto para a do bico grande (tucano). São os novos emplumados que vão fazer a diferença.

PREVISTO

A formação deste novo bloco já era prevista desde meados do ano passado. Terminado o compromisso de campanha da catastrófica eleição de 2008, cada qual teria que buscar o seu rumo próprio. Não seria diferente se a vitória fosse do Dado e a esta altura PR e PPS já estariam se aproximando do eleito.

PREOCUPAÇÃO

O novo bloco só não foi oficializado em março ou abril do ano passado porque o Hannibal, que é funcionário de carreira da Casan, está lotado no gabinete do vice-governador.

VISITOU

Coincidência ou não, quando Angiolletti e Hannibal penteavam os cabelos para posar na foto oficial da coligação, Gil Koedermann deu as caras na câmara. Só de sacanagem perguntei: “você trouxe a carta de transferência do Zé Carlos para Dionísio Cerqueira?”

PESQUISA

Bem a propósito, tive acesso ao resultado parcial de uma pesquisa que está sendo realizada em Balneário Camboriú sobre o desempenho dos 10 vereadores. Fiquei surpreso com o resultado para o primeiro colocado que, já posso adiantar, não é da situação. O último colocado é verdadeiramente um “excluído”.

APRESENTAÇÃO

Quase no meio da temporada me convidaram para a reunião de apresentação do projeto “Praia Limpa”. Só se for para a entressafra, porque as desorganização dessa vai ser, lamentavelmente, a marca registrada.

DIÁRIAS

O povão quer saber se a prefeitura do Balneário está pagando as diárias para cargos em comissão que estão em pré-campanha eleitoral pelo estado. Falta um vereador “coco-roxo” para formalizar o pedido.

ERRANDO

E alguns assessores do prefeito-ave continuam teimando em chamar o binário de avenida Martin Luther King. Agora entendo porque não tinha nenhum membro da cúpula da Igreja Luterana na também pseuda-inauguração da obra.

CORRETO

A lei aprovada na câmara denomina o binário de avenida Martin Luther (ou Martinho Lutero). Para homenagear o “King”, um grande ativista dos direitos humanos, o local ideal seria o Pioneiros (onde tenho o prazer de morar), que foi o bairro povoado e criado pelos nossos irmãos afro-descendentes.

CAÇA-FANTASMAS

Uma equipe do Ghostbusters poderá ser chamada para uma vistoria geral na câmara do Balneário. Cada dia que passa me surpreende a quantidade de fantasmas que vagam por uma construção tão nova como aquela. E olha que sou freguês, quase que diário, do cafezinho do legislativo.

ASSEMBLEIA

A aceitação da denúncia contra o vice-governador Leonel Pavan pelo Tribunal de Justiça vai depender de autorização da Assembleia Legislativa. A decisão saiu depois de várias horas de falação dos endinheirados do TJ.

ESCAPA

Desta forma a decisão vai ser política. Deputados devem analisar a autorização junto com o pedido de impeachment promovido pelo PSOL. Se a tríplice aliança estiver fechadinha como se imagina, e dependendo dos acordos políticos, Pavan sai bonitinho e volta à parada do sucesso.

ASSUME

Licenciado para tratamento de saúde (de tanto nervosismo deve ter dado uma caganeira braba no homem), Pavan deve passar o Carnaval deste ano como governador do estado. Posse pode ser no dia 4 de fevereiro.

RASTEIRA

Ex-vereador (1983-1988), ex-vice de Leonel Pavan (1997-2000), Rudis Cabral, ex-PP e ex-PT, pode ter levado uma rasteira grande por parte dos seus novos companheiros do PMDB. Enquanto petista, ele foi candidato a vice de Edson Periquito em 2004. No ano passado, dentro do prazo legal, largou a companheirada e assinou com o PMDB. Só que, segundo consta, a ficha de filiação não foi enviada para a Justiça Eleitoral.

CANDIDATO

Isso acontecendo, cai por terra o sonho do Rudis de ser candidato à Assembleia. Resta saber se quem passou a rasteira foi gente ligada a outro pré-candidato do partido…

PORTARIA

Conforme antecipei na última coluna, foram publicadas ontem as portarias reintegrando João Carlos Gantzel e Natanael Boaventura Caetano às suas funções na prefeitura. Exonerados em 2002, eles perderam na justiça o direito de retornar. A decisão administrativa do prefeito Edson Periquito abre o caminho para outros que também foram excluídos do serviço público nas administrações anteriores.

SECRETA

Lamentavelmente estão sendo com portas fechadas as reuniões da CPI do hospital Santa Inês. Ninguém está autorizado a acompanhar os depoimentos. Parece que estão querendo esconder alguma coisa da comunidade.

NETO

Ontem foi a vez do administrador financeiro do Santa Inês, Neto Gaya, prestar esclarecimentos. Nada acrescentou (pelo menos é o que se imagina) daquilo que já se sabe.

COMEMORANDO

Embora com um pouco de atraso, vai aqui as minhas felicitações ao médico Jáu Noé Gaya pelos 35 anos de profissão. Visionário, Gaya foi o principal responsável pela construção do hospital Santa Inês. É um dos principais profissionais de saúde que merecem todo o reconhecimento e as homenagens da nossa comunidade.

CONSTRUINDO

Um grande tubarão da construção civil está ocupando uma rua projetada entre a Terceira avenida e avenida Brasil. É isso que dá ter na procuradoria do município advogado que serve os interesses do empresariado. Estamos de olho.

DECISÃO

Alta cúpula dos Democratas estaria convocando reunião para discutir a possibilidade de uma nova subida até o Reino da Dinamarca. Para o partido, aliás, ficando atrelado com a oposição (PSDB) ou na situação (PMDB) não muda nada. Permanece na “tríplice aliança”. Bem a propósito, o deputado federal Paulinho Bornhausen e o senador Raimundo Colombo devem aparecer por estas bandas no final de semana para mais um encontro festivo.

SEPARAÇÃO

Edson Dias e Cláudio Dalvesco já não trocam mais os mesmos abraços em público como faziam no ano passado. Fim do romance?

  •  

Deixe uma Resposta