• Postado por Tiago

A empresária Patrícia Jachowicz, 31 anos, passou um perrengue danado dentro do Balneário Camboriú Shopping no dia 17 de novembro, um sábado. Ela conta que tava passeando no shópis com o marido e o filho, quando de repente notou que a sua carteira havia sido furtada de dentro da bolsa. A indignação da moradora da Maravilha do Atlântico é que depois do acontecido, o pessoal da administração do shópis ficou no nem te ligo e, diz Patrícia, não tá nem um pouco interessado em resolver o problema.

Patrícia relata que o furto rolou à tarde, quando o local tava lotadão. “Eu estive no centro de massagem, logo após fui trocar o meu filho, mas só quando fui até uma loja de cosméticos percebi que minha carteira não estava mais dentro da bolsa. Tenho certeza que foi furtada”, afirma a empresária, acrescentando que dentro da carteira tinha a quantia de R$ 200 e mais os seus documentos pessoais.

Patrícia tá dicara porque, segundo ela, a administração do shópis tá cagando e andando pro seu problema. Ela conta que chegou a pedir que olhassem as imagens da câmera de segurança, mas nem isso quiseram fazer pela cliente. “Eles não se responsabilizaram por nada, nada mesmo. Ainda disseram que eu não tinha como provar que estava dentro do shopping naquele momento, mas eu tenho notas e o comprovante do estacionamento”, falou.

Patrícia já contatou um advogado e promete levar a história até à dona justa.

Caso foi avaliado

A gerente de marketing do chiquetoso Balneário Camboriú Shopping, Aline Righi, disse ter ficado surpresa com a atitude da cliente e garantiu que o shópis tá oferecendo toda a assistência possível. “Nós analisamos o caso e, inclusive, já conversamos com a cliente”, afirmou.

Aline contou que as imagens do circuito interno foram vistas pela administração e mostram todo o trajeto de Patrícia dentro do shópis. Segundo a gerente, nenhuma irregularidade ou abordagem suspeita foi percebida no vídeo.

  •  

Deixe uma Resposta