• 16 jan 2010
  • Postado por Tiago
http://www.youtube.com/view_play_list?p=F6A5B9567AB1DC1C

O problema da educação no país, e também em Itajaí, é a falta de investimento, que não pode ser confundida com a falta de dinheiro. Essa é a opinião unânime entre os professores Marcus Sodré, Marialva Spengler e Maria Heidemann, que participaram do debate sobre o tema, mediado pelos jornalistas Anderson Bernardes, Franciele Marcon e Sandro Silva, na sede do DIARINHO. Os três são categóricos ao afirmar que, enquanto não mudar a forma de financiamento da educação, não dá pra fazer milagre. Ainda foram discutidos temas como a formação dos professores, a inclusão das novas tecnologias na educação, o problema eterno dos baixos salários da categoria, a falta de vagas nas creches e o desafio de escolher uma profissão e onde estudar para se ter sucesso profissional. Sobrou também pros políticos de plantão, que sempre dizem que a educação é prioridade, mas nunca transformam em ações o bla-bla-blá do palanque eleitoral. As fotos são de Felipe Trojan. O vídeo do Entrevistão está disponível em www.diarinho.com.br.

 

As regras do jogo

O entrevistão-debate do DIARINHO sobre a educação foi dividido nos temas educação infantil; formação humanística versus formação técnica; novas tecnologias; reivindicações históricas dos professores; formação dos profissionais da educação e importância do ensino superior. Os jornalistas elaboraram perguntas específicas dentro desses temas para cada um dos entrevistados e, orientados por esses questionamentos, os professores fizeram o debate.

 

Os entrevistados

Maria Heidemann

Data de Nascimento: 07/08/1952

Naturalidade: Presidente Getúlio/SC

Estado civil: Solteira

Formação: Pedagoga com habilitação em administração escolar e especialização em administração e gestão educacional

Cargo: Secretária de Educação de Itajaí

Mari alva Spengler

Data de Nascimento: 14/04/1957

Naturalidade: Gaspar/SC

Estado Civil: Separada

Formação: Pedagoga, com especialização em orientação educacional e mestre em psicologia da educação

 

Cargo: Professora no curso de pedagogia da Univali

Marcus Alexandre Sodré

Data de Nascimento: 26/01/1972

Naturalidade: Cubatão/SP

Estado civil: Casado

Formação: Licenciado em História, especialização em história: ensino e pesquisa em Santa Catarina.

Cargo: Coordenador do sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina na região de Itajaí

  •  

Deixe uma Resposta