• 30 jan 2010
  • Postado por Tiago

O Patrimônio Histórico de uma cidade nada mais é do que um bem móvel, imóvel ou natural, que tem valor significativo pra sociedade, podendo ser estético, artístico, documental, científico, social, espiritual ou ecológico. E numa cidade como Itajaí, que está a poucos meses de completar 150 anos, há muito o que se debater sobre o tema.

Pensando nisso, o DIARINHO promoveu mais um Entrevistão-Debate, sabatinando quatro conhecedores desta área. Os convidados são o superintendente da fundação Genésio Miranda Lins, Darlan Cordeiro; o ex-mandachuva da pasta e hoje professor na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, Beto Severino; a escritora Marlene Rothbarth; e a professora e pesquisadora Ana Bela Machado.

A entrevista foi concedida aos jornalistas Anderson Silva, Franciele Marcon e Marcelo Roggia. Foram levantados diversos questionamentos relacionados ao Patrimônio Histórico, como a dificuldade pra aplicação de políticas públicas eficazes, os problemas pra restauração e manutenção dos casarões e os compromissos que podem ser assumidos daqui pra frente, pra que a história da cidade seja olhada com mais cuidado e carinho por todos que aqui vivem. As fotos são de Felipe VT. O vídeo está no site www.diarinho.com.br.

entrevistao patrimonio - darlan(1)

Os entrevistados

Darlan Pereira Cordeiro

Naturalidade: Rio de Janeiro/RJ

Idade: 43 anos. Sem filhos

Estado civil: Solteiro

Formação: Bacharel em Arqueologia pela Universidade Estácio de Sá, e mestrando em Ciências e Tecnologia Ambiental pela Univali

Cargos que ocupa: Arqueólogo concursado da fundação Genésio Miranda Lins. Atual superintendente da fundação Genésio Miranda Lins

José Roberto Severino

Naturalidade: Itajaí/SC

Idade: 43 anos. Pai de um filho

Estado civil: Casado

Formação: Bacharel em História pela Univali, mestre em História pela Ufsc e doutor em História pela USP

Cargos que ocupa: professor da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia

Marlene Dalva da Silva Rothbarth

Naturalidade: Itajaí/SC

Idade: 76 anos. Mãe de cinco filhos

Estado civil: Viúva

Formação: Licenciatura em Pedagogia pela Univali, com especialização em Administração Escolar

Cargos que ocupa: escritora

Ana Bela Machado

Naturalidade: Lisboa/Portugal

Idade: 50 anos. Mãe de dois filhos

Estado civil: Casada

Formação: Bacharel em História pela Univali, com especialização em

Gerenciamento de Centros Históricos pela Universidade do Porto, em Portugal

Cargo que ocupa: Professora e pesquisadora

  •  

Deixe uma Resposta