• Postado por Tiago

_MG_0403

Prefeito Bellini foi um dos participantes do Entrevistão

Itajaí completa 150 anos de emancipação político-administrativa no dia 15 de junho deste ano. E o DIARINHO, preocupado com o futuro da city, traz hoje um baita presente pro seu leitor. Exatamente no dia do 31º aniversário do jornal mais quente do sul do mundo, foi encartado um Entrevistão histórico com quatro mandachuvas da city: o prefeito Jandir Bellini (PP), o presidente da câmara de vereadores, Luiz Carlos Pissetti (DEM), a presidente eleita da associação Comercial e Industrial de Itajaí (ACII), Maria Izabel Pinheiro Sandri, e o reitor da universidade do Vale do Itajaí (Univali), José Roberto Provesi.

A sabatina deu trabalho e rolou durante toda uma manhã, na sede do MACRIADO. Foram duas etapas de entrevistas. Na primeira, individual e simultânea, cada jornalista da casa falou com um dos convidados. Em seguida rolou um debate entre as quatro otoridades.

Foram debatidos temas como saúde, educação, trânsito e habitação, com direito à troca de farpas e momentos de reflexão pra um futuro melhor pra Itajaí. ?Reforçamos nosso papel de fiscalização junto à comunidade. Através deste Entrevistão os cidadãos de Itajaí poderão cobrar das autoridades as promessas e compromissos firmados?, destaca Samara Toth Vieira, diretora de redação do DIARINHO.

Pro mandachuva peixeiro, o debate entre as autoridades foi inteligente e pra lá de positivo, dando a oportunidade pra cada um expor seu ponto de vista e ideias pro futuro de Itajaí. ?O jornal está de parabéns por essa iniciativa e pelos 31 anos de contribuição. O DIARINHO tem sido um meio de comunicação bastante integrado à sociedade, trazendo os principais fatos que acontecem, sempre da sua maneira. É um jornalismo diferenciado, que tem contribuído com o crescimento de Itajaí?, diz Jandir.

O prefeito garante que ainda há  muito o que se fazer pra deixar a city nos trinques. ?Temos um potencial muito grande, um crescimento acima da média, e precisamos planejar Itajaí como uma cidade grande. Pela potencialidade geográfica, econômica e de qualidade de vida, cabe a nós homens públicos trabalharmos em prol da nossa cidade?, finaliza o comandante do executivo peixeiro.

  •  

Deixe uma Resposta