• Postado por Tiago

A meninada do jardim da infância já pode participar da preservação do meio em que vivemos. Os pequeninos aprendem na escola e levam pra casa o conhecimento que vai acompanhá-los a vida toda. 

Sendo assim, a equipe pedagógica do Centro Educacional Municipal São Domingos (CEMSD), de Navegantes,  lança com os alunos, nesta sexta-feira, 5, às 16h30, o projeto “Bolha de sabão”. A partir da próxima semana, os 170 estudantes da unidade, com idade entre cinco e 11 anos, irão trazer para a escola todo o óleo de cozinha utilizado em suas casas pra fazer sabão. 

A diretora da unidade, professora Lúcia Helena de Souza, explica que o produto vai ser manipulado pela funcionária auxiliar de serviços gerais, pois na fórmula do sabão inclui produtos químicos muito fortes, como a soda cáustica, e por este motivo não tem perigo pra gurizada. “Eles levarão o sabão produzido para casa, com a consciência que foi feito com o óleo que eles trouxeram”, explica a diretora. 

Na mesma ocasião, será dada a largada pra outro projeto, o “Tô pilhado”, que vai convidar os alunos a recolherem pilhas e baterias velhas e trazê-las para a escola, para que seja dado o destino correto a este tipo de material, que possui metais pesados, altamente prejudiciais se abandonados no meio ambiente. “As pilhas recolhidas serão entregues a uma empresa que vai encaminhá-las ao fabricante”,  finaliza a diretora.

  •  

Deixe uma Resposta