• Postado por Tiago

Diego Arthur Borcath, 29 anos, siscapou da morte na noite de quinta-feira no bairro Promorar, em Itajaí. Ele foi vítima de uma tentativa de assassinato, mas contou com a sorte da falta de mira do matadô pra sair com vida da emboscada.

O malaco metido a pistoleiro tava na garupa de uma cabrita e mandou quatro balaços em direção a vítima, mas só conseguiu acertar uma azeitona na perna do rapaz. A treta rolou porque Diego teria saído com a muié de um dos trastes, que não gostou do par de chifres e quis resolver a história na bala.

Passava das 21h quando o cara foi surpreendido por dois malacos na rua das Azaleias, no Promorar. Os trastes tavam numa motoca, passaram por Diego e resolveram botar fim nas aventuras de Dom Juan na base da bala. O malaco que tava na corona da cabrita puxou o revólver, meteu a mão no gatilho e mandou bala em direção ao malaco metido a ricardão.

Diego ficou ferido na perna direita, mas depois de uma passadinha no pronto-socorro do Marieta foi liberado. Os milicos contaram que o rapaz entregou que andou se engraçando pra muié de um dos vagabundos.

  •  

Deixe uma Resposta