• Postado por Tiago

p---Hélio-de-Oliveira---o-chunga.jpg

Um bandidão não guentou a descoberta de um galho e decidiu quebrar tudo em Navegantes. Hélio de Oliveira, 25 anos, o Chunga, destruiu o carro do amante de sua namorada, tentou enfiar o possante em cima dos milicos, foi baleado e, como tem o corpo fechado, conseguiu fugir. O bafão rolou na madrugada de ontem, no centro dengo-dengo.

O rolo começou porque Chunga, um assaltante conhecido dos milicos, andava desconfiado que sua namorada, J.M., 28 anos, tava lhe botando um par de chifres. Com a pulga atrás da orelha, o cara escolheu a madrugada de ontem pra descobrir se tinha razão. Não deu outra. Por volta das 5h, o bandido pintou na casa da namorida, na rua Esther Rebello Narciso, no centro, e encontrou o Ricardão por lá.

Chunga ficou tão transtornado que começou a quebrar tudo. Ele detonou o carro de A.C., o Ricardão de sua muié. Um Pólo e um Golf tavam estacionados na garagem da casa da namorada de Chunga, e ele foi detonando as carangas. A vizinhança ficou horrorizada e chamou a PM. O mequetrefe viu as baratinhas chegando e resolver dar no pé.

Mas ele tava tão doido que perdeu a noção do perigo. Entrou no Gol, placa KMJ 4709 (Navegantes), que é da sua mãe, e tentou atropelar um milico pra conseguir carcar. A PM revidou e mandou uma chuva de bala pra cima da caranga. Segundo o tenente Rafael Vicente, Chunga provavelmente foi atingido no braço ou na perna.

Fuga

Mesmo baleado, o bandidão meteu o pé no acelerador e simandou. Como o maldito é figurinha carimbada do mundo do crime, os milicos suspeitavam que ele ia sisconder no bareco de seu pai, o bar do João do Paraná, na rua Vereador Paulo Ney Laurentino, no bairro Areias Brancas. Os meganhas foram pra lá e encontraram o traste. Chunga viu que não tinha mais escapatória e saiu correndo pro meio do mato. Os meganhas foram atrás do traste, mas não o encontraram.

O caso agora foi repassado à Civil, que abrirá um inquérito pra apurar o rolo. A PM espera que seja pedida a prisão do maldito, pra colocar o safado na jaula de uma vez por todas. O carro do vadio foi apreendido e será liberado, após uma perícia, pra família do coisa-ruim.

  •  

Deixe uma Resposta