• Postado por Tiago

Thiago Silva Machado, 22 anos, preso na sexta-feira acusado de pedofilia, foi afastado da função de chefe de um grupo escoteiro em Florianópolis. O afastamento foi comunicado sábado em nota divulgada pela União dos Escoteiros do Brasil (UEB).

O tarado tava sendo investigado pela delegacia do menor da capital por andar dando em cima da garotada que faz parte do grupo de escoteiro da UFSC. A safadeza foi denunciada à polícia pelas mães que ficaram preocupadas com os relatos dos filhos.

Agentes da diretoria de investigações criminais (Deic) da capital vasculharam o computador do vagabundo, onde encontraram um monte de pornografia. O safado armazenava fotos de crianças e adolescentes sem roupa e vídeos com dimenores em cenas de sexo. Como de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) isso é crime, o escoteiro taradão foi preso em flagrante.

A polícia também achou no computador do safado as conversas que ele mantinha com a garotada através do MSN. Pelo que os tiras apuraram, o malaco usava o programa de bate-papo para seduzir os dimenores. Thiago é estudante de Engenharia e trabalhava como técnico de edificações numa empresa da capital manezinha.

  •  

Deixe uma Resposta