• Postado por Tiago

Carlos César Pereira, o César do Sindicato, é formado em administração de segurança de trânsito e já foi chefão da coordenadoria de Trânsito da prefa. Ele discorda de Zé Alvercino e diz que não há um trabalho mais efetivo da Codetran para mudar a conduta dos motoras. “Falta campanha de divulgação para melhorar o comportamento dos motoristas”, afineta.

Pra César, um exemplo da péssima educação dos motoras pode ser visto na frente das escolas. São os guardas de trânsito na frente dos colégios de Itajaí. “É lamentável ter que ter guardinhas nas escolas para fazer eles pararem”, afirma.

  •  

Deixe uma Resposta