• Postado por Tiago

O ex-governador Esperidião Amin (PP) acredita que o partido tenha um ‘dote’ maior pra barganhar por espaços em uma possível coligação com o PT. “Nossa candidata está liderando todas as pesquisas de opinião divulgadas até agora. Isto não representa que ela irá ganhar as eleições, mas é um bom indicativo, é bom na hora de negociar. Eu digo que é como o dote que a família da noiva pedia para a família do noivo antigamente”, brinca o careca.

O que torna o dote ainda maior é a falta de um candidato progressista pra presidência da república, já usado como moeda de troca pelos dois partidos em eleições passadas. “Não temos candidato a presidente, a vice, então, quem pode ajudar alguém a se eleger somos nós. Agora, alguém tem que nos ajudar a nos elegermos também”, finaliza Amin.

  •  

Deixe uma Resposta