• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-ABRE----PÁGINA-5-p---Claudio-Eli-de-Oliveira-Terra-Júnior,-de-45-anos

Cláudio Eli da Silva tá pedido pela justa do Rio Grande do Sul

Dois estelionatários que tavam aprontando na região da Grande Florianópolis tão vendo o sol nascer quadrado desde a noite de sexta-feira. Os tiras da 10a depê da capital prenderam Cláudio Eli de Oliveira Terra Júnior, de 45 anos, na madrugada de sexta-feira, na Lagoa da Conceição O cara é acusado de estelionato.

Os tiras tavam investigando uma denúncia de furto de carro, quando guentaram Júnior, que tava com documento de identidade falso. O malaco também é suspeito de meter arombamentos nos possantes dos desavisados.

O delegado Anselmo Cruz conta que na quitinete onde Júnior morava, na praia da Joaquina, foram encontrados mais documentos furtados e uma montoeira de bagulhos comprados em nome de terceiros.

O preso tava fugido da casa do albergado, desde fevereiro deste ano. O mequetrefe também tá pedido pela justa do Rio Grande do Sul, onde foi indiciado 16 vezes pelos crimes de estelionato e furto.

Irmã do Coxa

Em São José, os tiras da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) prenderam Alessandra Silva Cordeiro, de 28 anos, acusada de estelionato. A mulher recebeu o teje preso, quando usava um documento de um médico de Balneário Camboriú.

A mulher contava com a ajuda de uma funcionária do cadastro de uma rede de supermercados, que utilizava apenas o CPF das vítimas e emitia cartões de crédito fraudados. A estelionatária é irmã do Coxae um conhecido golpista da região.

  •  

Deixe uma Resposta