• Postado por Tiago

ABRE-CAPA---s---abertura-vôlei-de-praia-em-BC-04.02.10-(6)

Catarinas Daniel e Gavião tentaram, mas foram eliminados logo de cara

SEGUNDA-CAPA---s---abertura-vôlei-de-praia-em-BC-04.02.10-(4)

A mulherada também já deu o ar da graça nas areias de Balneário

O primeiro dia da etapa de Balneário Camboriú do circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, a segunda parada na temporada, não poderia ter sido melhor. Com um baita sol pra animar os atletas e o público presente ? mesmo em baixo número ?, a etapa da Maravilha do Atlântico deu a largada ontem, com os jogos do torneio qualifying. Nessa fase, saíram as últimas oito vagas no masculino e no feminino. Pra tristeza da galera que compareceu nas arquibancadas da arena montada na barra sul, os catarinenses foram mal.

Entre as minas, Andréa Teixeira, atleta de Itapema, que faz dupla com Naiara, do Distrito Federal, foi a única representante do estado que passou pro torneio principal, junto com as melhores duplas do Brasil, que começa nesta sexta-feira, às 9h. O resto das parcerias da Santa & Bela ? Piluca e Maiara, Tatiane Kalfeld e Katiane, e Karen Simões e Giorgia Borsatti ? não teve a mesma sorte.

Já Josi e Leize, de Balneário Camboriú, entram direto no torneio principal como convidadas. Quem também estreia hoje são as atuais campeãs brasileiras, Talita e Maria Elisa, que abriram o caminho pro título no ano passado vencendo justamente a etapa de Balneário, que abriu a temporada 2009.

Feliz por voltar à city, Maria Elisa quer repetir o feito neste ano. ?Foi um ano de muito aprendizado. Em 2009 já começamos ganhando, então tem um gostinho especial estar aqui de novo. Voltar pra cá com mais experiência é muito gratificante, é querer sair daqui ganhando de novo e sentir o mesmo gostinho?, diz a pernambucana, que afirma se sentir bem na região. ?Adoramos Balneário Camboriú, é uma cidade linda?.

Pior entre os homens

Assim como no feminino, os resultados dos catarinenses não foram nada bons entre a macharada, já que cinco duplas do estado caíram fora logo na primeira fase do qualifying: Daniel/Gavião, Roger/Moisés Batista, Brian/Márcio, Silvio/Sergio e Whesley/Vladmir. O manezinho Guilherme, que joga com Celso, era o último catarina com chance, mas também ficou de fora. Resta torcer pra dupla Keko/Nelsinho, de Balneário, e Thiago, de Itapema, que joga com Pedro Cunha. Eles estreiam hoje no torneio principal.

Campeão olímpico à vontade

Do lado de fora das quadras, quem acompanhava os jogos era Ricardo, campeão olímpico em 2004 ao lado de Emanuel. Bem à vontade, ele conversou com amigos e aproveitou pra observar seus possíveis adversários de hoje. ?Tá sendo uma experiência nova, o começo é sempre meio difícil, até porque nós sempre tivemos as mesmas funções, mas tá sendo um desafio bem proveitoso?, diz Ricardo, sobre a nova parceria com Pedro Solberg.

Já experiente, Ricardo era um novato quando jogou em Balneário pela primeira vez. ?Aqui eu me sinto bem, o público sempre prestigia. Lembro que joguei uma etapa aqui em 2001, que encheu. Ano passado também joguei aqui e espero que neste ano possa subir no pódio de novo?, finaliza o grandalhão de dois metros.

  •  

Deixe uma Resposta