• Postado por Tiago

Por falta de acordo entre patrões e empregados após 11 reuniões intermediadas pela prefa e ministério do Trabalho, motoristas e cobradores do sistema de transporte coletivo da Grande Floripa decidiram em assembleia hoje permanecer em estado de greve.

A decisão por paralisar os trabalhos a qualquer momento foi tomada na semana passada. “Só que esperamos durante toda a quarta-feira a apresentação formal da proposta pra levarmos à assembleia dos trabalhadores e isso não aconteceu. Não quer dizer que vamos parar, mas tentamos até agora negociar e nada”, comenta Dionízio Linder, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano (Sintraturb).

Se a turma resolver mesmo cruzar os braços nesta quinta-feira, o caos no trânsito principalmente na região central da ilha de Floripa será o cartão de visitas aos participantes da 9ª edição do Congresso Mundial de Viagem e Turismo (WTTC). 

  •  

Deixe uma Resposta