• Postado por Tiago

Deviam estar com muita raiva os dois malacabados que mataram o Delci de Almeida, 33 anos, na noite de quinta-feira. O pedreiro foi peneirado com 12 tirombaços ao sair de casa para atender quem o chamava na frente da sua baia, na rua Monte Pirineus, no bairro Monte Alegre, em Camboriú. A polícia já tem pistas dos atiradores e espera mandar a dupla para jaula o mais rápido possível. Esse foi o 36º assassinato do ano na terrinha.

Parentes da vítima contaram à polícia que o cara tava jantando com a mulher quando dois estranhos gritaram seu nome na frente da baia. Uma integrante da família, que não teve o nome divulgado, ouviu o chamado e avisou ao Delci.

Ele deixou o rango de lado e caminhou até o quintal. Quando chegou ao portão e perguntou o que a dupla queria, teve a surpresa. Os dois vagabundos sacaram as armas e mandaram 12 balaços na barriga e peito do tiozinho, que não teve chance nem de correr. Caiu na chón sangrando muito.

Apesar de já ter se metido em rolo, Delci trampava como pedreiro e não tinha mais envolvimento com a bandidagem ou devia pra alguém que poderia querer mandá-lo pra terra dos pés juntos. A vítima já teve broncas em Camboriú e Itajaí por roubo e até puxou cana.

  •  

Deixe uma Resposta