• Postado por Tiago

politica-Vereador-fabricio

Vereador diz que prefa inventa desculpas pra não abrir hospital

O vereador Fabrício de Oliveira (PSDB) voltou a malhar o pau na prefa de Balneário Camboriú durante a sessão de ontem da câmara dos vereadores. De acordo com o vereador, ele bateu um lero com a presidente da ONG Organização Mundial da Família (WFO), Deisi Kuztra, e a mulher contou que os equipamentos comprados para o hospital já perderam o prazo de validade, o que deixou o vereador puteado.

?Nós precisamos de uma manifestação do prefeito em relação a isso. O hospital está fechado porque a prefeitura não quer a abertura do Ruth Cardoso, e pra isso fica inventado desculpas?, disse o engomadinho. Fabrício citou ainda a matéria publicada aqui no DIARINHO ontem, em que o vereador Nilson Probst (PMDB) disse que o hospital está fechado porque não tem os equipamentos necessários para funcionamento.

?Nós temos quase R$ 30 milhões em equipamentos lá dentro, temos 15 respiradores de UTI, cinco UTIs maternas, aparelhos de radiografia e de ultrassom, e todos eles já estão sem garantia. Até o gerador, se der problema, está fora da garantia, o que significa custos pra cidade?, lascou. O seu companheiro de bancada Dão Koeddermman (PSDB) concordou com o tucano justificando que se a lei diz que se a cidade tem um hospital municipal, os recursos têm que ir pra ele, então a administração do Hospital Santa Inês não é responsabilidade da prefa.

Já o vereador José Carlos Hannibal (PP) resolveu lascar o pau em outra secretaria da cidade. O gorducho trouxe documentos sobre o aluguel da nova sede da secretaria de Educação, em um casarão granfino, no bairro dos Pioneiros. Segundo Hannibal, o prédio teria sido alugado por ser mais espaçoso, mas, na real, ele seria 500 metros quadrados menor. O líder do governo na casa, Claudir Maciel (PPS), respondeu na bucha, dizendo que o prédio da secretaria estava caindo aos pedaços, e mesmo com um acréscimo de R$ 2 mil no valor do aluguel, a troca era necessária.

  •  

Deixe uma Resposta