• Postado por Tiago

Leitora que tem um familiar enterrado no cemitério do bairro Espinheiros, em Itajaí, ficou passada com a situação que presenciou na segunda-feira, dia de Finados. Ela conta que viu as velhinhas tendo que escalar os túmulos pra conseguir chegar no alto do cemitério, já que na parte central não existe uma escada ou estrada pro povão passar.

O cemitério dos Espinheiros fica no pé dum morro. Quem quer chegar aos últimos túmulos tem que pedir licença e ir pisando em cima dos jazigos. É uma verdadeira aventura.

Ontem, o DIARINHO esteve no local e confirmou o reclamo da leitora. Até a metade do cemitério, a subida tá bonita, tem até uma rampinha calçada e pintadinha. Só que, passando dali, é um deus nos acuda.

A viadagem do DIARINHO bateu perna no campo santo e chegou até à cruz central, que diz o seguinte: ‘Salve a tua alma’. A frase faz jus ao pedido. Passando a cruz, só com muita atenção pra não tropeçar, se estabacar e já ficar lá pelo cemitério mesmo.

Vai analisar

Tarcísio Zanelatto, secretário de Obras da prefa de Itajaí, disse que não sabia do problema. O abobrão admite que a própria localização do cemitério é problemática e prometeu dar uma analisada carinhosa no caso. “Vou até o local fazer uma observação pra ver de que forma se pode melhorar o acesso”, afirmou.

  •  

Deixe uma Resposta