• Postado por Tiago

Pássaros serão soltos na Atalaia

A Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai) tirou o dia de ontem pra livrar os passarinhos da gaiola. Duas denúncias de sacanagem no bairro Espinheiros chegaram até os fiscais. Ao todo 43 pássaros silvestres foram recolhidos e mais de 50 gaiolas apreendidas. Os donos dos bichinhos foram notificados e vão pagar multa que pode chegar a 500 reales por cada espécie encontrada.

O primeiro caso foi registrado na rua Joaquim de Souza Medeiros. Neste local, João Serafim Medeiros mantinha 26 pássaros presos. Entre as espécies tinham Sabiás, Tiés, Gaturamo e Canários da Terra. Além dos bichinhos, o cara ainda tinha 15 gaiolas.

Não demorou muito pra segunda denúncia pintar. Por volta das 17h, os fiscais voltaram ao Espinheiros, mas desta vez na rua Firmino Vieira Cordeiro. Por lá, Luiz Domingos Fachinni guentava 17 pássaros silvestres e mais de 40 gaiolas. Neste local, até espécie em extinção como Bico de Pimenta foi achada.

O chefe de fiscalização e licenciamento da Famai, Jonas Pereira, disse que os 43 passarinhos apreendidos voltarão pra onde nunca deveriam ter saído. Eles serão devolvidos à natureza e serão soltos no parque da Atalaia.

Cada infrator terá que desembolsar uma multa salgada. João terá que pagar cerca de 13 mil reales e Luiz terá que desembolsar, no mínimo, R$ 8500. Se eles não pagaram a multa, responderão a processo por crime ambiental.

  •  

Deixe uma Resposta