• Postado por Tiago

Cinco malacados meteram o terror numa baia de Barra Velha na noite de quinta-feira. Enquanto a família jantava, os safados deram o bote, renderam quatro pessoas (um casal e duas crianças), os trancaram num quarto, comeram e beberam tudo o que tinham direito, e só deixaram a casa cerca de três horas depois do assalto. Os bandidos levaram uma monteira de eletrodomésticos e mais dois carros.

Era mais ou menos 20h da noite de quinta-feira quando os bandidos apareceram anunciando o assalto. A família tava em casa, que fica na estrada geral do Rio do Peixe, bairro Medeiros, jantando, quando foi surpreendida por cinco trastes. Os mequetrefes entraram na casa, renderam a família, amordaçaram os coitados e tacaram a galera num dos quartos da baiuca.

Os semnoção reviraram toda a casa e quebraram os móveis, tentando encontrar dinheiro. A família informou que os vagabundos ainda fizeram uma festa, com direito a bebedeira, comilança, violão e cantoria. Os trastes só deixaram a casa por volta das 23h.

Apesar de toda a barulheira, a vizinhança não desconfiou que a família tivesse sido vítima de um assalto. A polícia só ficou sabendo da safadeza por volta da 1h da madrugada de ontem, quando a família conseguiu se libertar das mordaças.

Os malacos fugiram levando eletrodomésticos e tudo que conseguiram carregar da baia, além da caminhonete S10, placa IQS 5244 (Morrinhos do Sul/RS), e do carro da empresa do dono da casa, Fiat Strada, placa IPW 1627. A família é do Rio Grande do Sul e tá morando em Barra velha faz cinco anos. A puliça ainda não tem suspeitos da safadeza, mas está investigando o caso.

Pro xilindró

Em Itajaí a polícia Militar colocou a mão em dois trastes que assaltaram, na manhã de ontem, um posto de combustíveis na avenida Abraão João Francisco, a Contorno Sul, no bairro Ressacada. A dupla foi presa quando entrava dentro de casa.

E.N., 19 anos, e E.S.M., 26, levaram todo o dinheiro do caixa do posto de gasosa, grana que não teve o valor total divulgado. Depois do assalto, os funcionários do estabelecimento chamaram a polícia, dizendo ter reconhecido os bandidos, por já terem assaltado o local há algumas semanas.

  •  

Deixe uma Resposta