• Postado por Tiago

Uma tragédia marcou a noite de segunda-feira em Itapema. Um botijão de gás explodiu e deixou uma casa da rua 458, do bairro Morretes, em chamas. O avô, a mãe e um menino de 12 anos sofreram queimaduras graves. Eles só conseguiram siscapulir quando já estavam malemal.

A família dos Santos tomou o susto pelas 20h. O botijão de gás, que ficava dentro da cozinha, explodiu. Como o cômodo é anexo ao quarto e à sala da pequena casa mista, o fogo sispalhou por tudo. F.S.B., 12 anos, que tava dormindo, levou a pior. O menino foi totalmente atingido pelo fogaréu e não conseguiu sair do lugar. Teve 18% do corpo queimado.

Outras oito pessoas estavam dentro do terreno, mas conseguiram siscapulir. A mãe de F., Sandra Witiz dos Santos, 27, e o avô, Darci Witiz dos Santos, 58, enfrentaram as chamas pra tirar o guri da cama. Com o ato de bravura, também ficaram queimados nos braços e mãos.

Depois de resgatar o garoto, eles correram pra fora da casa e pediram ajuda dos bombeiros. Receberam os primeiros socorros no local e foram levados em estado grave ao hospital de Itapema. F. teve queimaduras de segundo grau, considerada grave. Ficou com a cabeça e pernas cheias de bolhas e com parte da pele descolando do corpo. Como tava mal na fita, o pequeno foi medicado e transferido pro hospital Pequeno Anjo, no Itajaí. O hospital não informou o estado de saúde do menino.

Já Sandra e Darci tiveram queimaduras de primeiro grau, que são mais mais amenas. Eles ficaram com os braços cheios de bolhas e também precisaram de tratamento médico de urgência. Permanecem internados no hospital da cidade e não correm risco de morte. O fogo sispalhou pra casa vizinha, que fica no mesmo terreno, queimando o forro e o telhado.

  •  

Deixe uma Resposta