• Postado por Tiago

Vinte e três famílias que tavam de favor em casas de vizinhos e parentes puderam voltar pros seus apês na noite de terça-feira, na Palhoça. O prédio tava interditado pela defesa civil, mas foi liberado ontem depois que engenheiros contratados pela Caixa Econômica Federal afirmaram que não tem risco do prédio desabar.

No domingo, as famílias tiveram que deixar o bloco B do condomínio Ilha Madeira, depois que um estouro foi seguido por rachaduras das paredes e quebra do piso de alguns apês. A construção dos nove blocos e 207 apês foi financiada pela Caixa, e fica na Rua Jacob Weingartner, no centro da city.

A empresa contratada pra inspeção foi a Sanford Engenharia, que informou que o prédio não corre risco algum. Inclusive, assinaram se responsabilizando caso aconteça alguma coisa. O documento foi registrado no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) e por isso a Defesa Civil aceitou.

  •  

Deixe uma Resposta