• Postado por Tiago

Por decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as farmácias passarão a ser obrigadas a deixar remédios vendidos sem prescrição médica, como analgésicos, antitérmicos e digestivos, fora do alcance dos clientes. Eles devem passar a ficar atrás do balcão e não mais em gôndolas. Há exceções, como fitoterápicos, loções e pomadas dermatológicas, entre outros.

A medida da Anvisa traz uma série de novas exigências e as farmácias terão seis meses para se adaptarem. Alguns exemplos: apenas farmácias que possuem lojas poderão vender remédios pela internet (e apenas com domínio .com.br) e não poderão mais vender produtos como balas e sorvetes.

  •  

Deixe uma Resposta