• Postado por Tiago

Os tiras da polícia civil de São José tiraram de circulação quatro mequetrefes que tavam aplicando o golpe do bilhete e do achadinho na terrinha. A turma foi grampeada no bairro Ponta de Baixo, nas imediações do hospital Regional de São José. Conforme a polícia, o que mais chama a atenção na ocorrência é que três dos malacos são da terceira idade.

A delegada Adriana de Souza explicou que a turma era liderada por Francisco Ferreira dos Santos, 64 anos. Os outros presos são Constantin Devocho, 62, José Marcel, 74 e José Victor Fonseca, 28, que é genro do líder da quadrilha.

Pra meter o golpe, Constantin fazia o primeiro contato com as vítimas. Ele se passava por alguém que chegou do interior do Estado, vinha com um papo aranha e com a ajuda de José Victor, convencia a vítima a comprar o bilhete premiado que não existe.

O espertalhão do José Victor dizia que era filho de um advogado e que sabia que aquela história toda era verdade. O quarteto tá enjaulado em São José, até ser definido para onde será levado. “Outras vítimas devem aparecer ainda, o que vai colaborar com o inquérito policial”, comenta a delegada.

  •  

Deixe uma Resposta