• Postado por Tiago

INTERTNA-POLÍCIA-CAPA-CINCO-p---apreensao-policia-federal-foto-rubens-flores-28out09-(12)

Droga tava escondida em caminhão com placa de São Miguel do Oeste

A polícia Federal da capital manezinha apreendeu na manhã de ontem, no posto Ampessam, na BR-101, em Biguaçu, um caminhão com pouco mais de 1,8 toneladas de maconha. Esta é a maior apreensão de bagulho realizada na Santa & Bela desde 1997, quando 1,7 tonelada da erva do capeta foram tiradas de circulação. Dois homens foram presos em flagrante. A apreensão representa um preju de mais de R$ 750 mil ao tráfico de drogas.

O delegado Guilherme Mattos explica que a equipe de investigação da delegacia de Repressão a Entorpecentes recebeu a informação de que a droga chegaria ao estado. Detalhes do caminhão e do tamanho da carga foram passados pelos federais do Mato Grosso do Sul. ?Localizamos o caminhão na noite de terça-feira no posto de combustível, mas não o motorista. Esperamos ele chegar para fazer a prisão em flagrante?, disse

Um dos presos é Luiz Carlos Scharnowski, 44 anos, o motorista do caminhão, que tá com a carteira de motora vencida. Ele disse que a droga foi embarcada em Amambaí, no Mato Grosso do Sul. A cidade fica a 50 quilômetros de Coronel Sapucaia, fronteira do Brasil com o Paraguai. O outro preso é Milton Luiz dos Santos, 42 anos, companheiro de boleia.

O caminhão com placa de São Miguel do Oeste e um carro Tempra com placa de Palhoça foram recolhidos à PF na ilha. O delegado acredita que o carro pequeno servia como batedor do caminhão. Há a possibilidade de que mais dois homens tenham observado que a chapa ia esquentar e tenham dado no pé. A dupla tava dentro do carro abandonado.

Na primeira abordagem, os presos contaram à polícia que a ordem era parar no posto e esperar que alguém desse as caras pra resgatar o bagulho. Outros detalhes da operação não foram revelados pra não atrapalhar a investigação. O delegado espera identificar nos próximos dias quem seriam os traficantes que receberiam a mercadoria. ?Já temos pistas de quem está financiando o tráfico de drogas aqui no estado?, acrescenta.

Um terceiro homem também foi detido, mas depois de prestar depoimento foi liberado e não teve a identidade revelada.?

O delegado explica que a grande quantidade de porcaria apreendida mostra que tem maconheiro pacas no Estado. Segundo o delegado, a droga é uma prova de que a proximidade do verão aumenta o consumo. No final da operação, foram contabilizados 2045 tabletes de maconha, que tavam embalados em fardos de 10 quilos. Os presos tão com moradia provisória na superintendência da PF em Floripa.

  •  

Deixe uma Resposta