• Postado por Tiago

INTERNA-BAIXO-PAG-14---s---federer-vence-wimbledon---divulgação-05.07.09

Suíço é agora o maior vencedor de Grand Slam, com 15 títulos

A consagração de Roger Federer não poderia ser em outro cenário, senão na grama de Wimbledon, onde oito anos atrás o suíço surgiu pro tênis mundial. E tinha de ser na quadra central lotada, sob os olhos da realeza britânica. Entre os grandes nomes da história do esporte, estavam presentes Bjorn Borg, Martina Navratilova, Rod Laver e Pete Sampras, este último que dividia com Federer o recorde de 14 Grand Slams de simples na carreira.

Dividia, pois após um jogo memorável contra o também norte-americano Andy Roddick, o suíço conquistou seu 15º título de simples e tornou-se indiscutivelmente o maior tenista da história. A vitória de ontem poderia ser só mais uma, a 19ª em 21 partidas sobre o freguês Roddick, mas desta vez o adversário jogou muito e por pouco não estragou a festa do phodão. O confronto só foi decidido depois de 4h16 de disputa acirrada e cinco sets jogados. No final, melhor pra Federer, que venceu com parciais de 5/7, 7/6(6), 7/6(3), 3/6 e um incrível 16/14, pois o último set do Grand Slam londrino não vai pra tie-break.

Federer recebeu o troféu das mãos de Sampras, que teve a honra de coroar o novo rei do tênis. Foi o sexto título do suíço no torneio inglês e hoje ele voltará ao topo do ranking mundial, ultrapassando o espanhol Rafael Nadal.

Os números de Federer são tão impressionantes que há 21 Grand Slams seguidos ele chega pelo menos na semifinal, recorde absoluto entre todos os tenistas. O último a derrotá-lo antes de uma semi foi o manezinho Gustavo Kuerten, em Roland Garros, no ano de 2004.

  •  

Deixe uma Resposta