• Postado por Tiago

Corte na testa e lesão no cérebro mandaram Massa pra UTI

O brasileiro Felipe Massa deve ficar no mínimo mais dois dias sedado e internado no hopsital militar em Budapeste. O piloto da Ferrari sofreu um acidente grave durante os treinos para o GP da Hungria no sábado. O capacete de Massa foi atingido por uma mola de cerca de 12 centímetros, feita de metal, que se soltou do carro de Rubinho Barrichello.

O piloto passou por uma operção e ficou a noite na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além do corte na testa, com cerca de oito centímetros, ele teve uma lesão na parte esquerda da cabeça e que atingiu o cérebro.

Os médicos que cuidam do brazuca garantem que ele está melhorando. Uma tomografia feita na manhã de domingo apontou uma redução nos machucados no cérebro. O brasileiro continua sedado e fazendo exames pra acompanhar a evolução da porrada.

O chefe geral do hospital de Budapeste garante que não foram encontradas novas lesões nos exames realizados no domingo, mas disse que Massa corre risco de morte. Já o médico Dino Altmann, responsável pelos atendimentos no GP do Brasil, discorda. Segundo o dotô, a situação é grave, mas não há riscode morte.

Após a tomografia, Massa foi sedado novamente, e continua descansando. Esposa do piloto, Raffaela Massa, grávida de cinco meses, chegou a Budapeste ontem, junto com os pais de Felipe, Ana e Luis Antonio, e Dino Altmann, médico responsável pelo GP do Brasil de Fórmula 1.

  •  

Deixe uma Resposta