• Postado por Tiago

A delegação do Figueirense deixou Floripa ontem e a novidade na lista de jogadores foi a presença do meia Fernandes. Afastado há mais de um ano dos gramados, o “Príncipe do Scarpelli” acompanhou o time e pode pintar na partida contra o Atlético/GO, que rola neste sábado, em Goiânia.

“Estou muito feliz. Não vejo a hora de voltar a sentir o calor da torcida. Depois de 13 meses é um momento de muita felicidade. Voltar à rotina, concentrar, viajar e jogar é tudo o que eu mais espero. O meu rendimento vai melhorar. Tenho buscado isso nos treinamentos”, disse o meia, após o trabalho na manhã de quinta-feira.

Emocionado, o ídolo alvinegro chegou a confirmar que viveu em 2008 um ano difícil no clube. “Além da queda para a série B, eu sofri com a lesão na coxa. Senti dores e tive que buscar forças para não parar de jogar. Cara, eu tô muito feliz. Não vejo a hora de estar novamente em campo. Agradeço o apoio à torcida, aos colegas, à diretoria. Fico feliz em ver que está todo mundo feliz com o meu retorno. O que eu tenho que fazer agora é mostrar dedicação e mostrar o meu melhor”, disse, entre lágrimas.

Tem mais

O técnico Roberto Fernandes confirma que Bruno Peroni será o substituto de Toninho na zaga, já que o jogador cumpre suspensão por cartão vermelho. Outra novidade na equipe foi a presença de Paulo Sérgio no lugar de Schwenck no ataque. Apesar das alterações, o comandante não revela o time.

Já sobre o Atlético/GO, o treinador diz que o respeito ao adversário continua valendo. “É um jogo de detalhes. A maioria dos sites especializados aponta o Atlético/GO como um dos candidatos a subir. A campanha é rigorosamente igual a do Figueirense, só muda o saldo de gols. Temos tudo para fazer um bom jogo e fazer o resultado”, finaliza.

  •  

Deixe uma Resposta