• 29 jun 2009
  • Postado por Tiago

?Já faz mais de seis meses que eu vim aqui e coloquei R$ 350 milhões para a gente recuperar esse porto. Não é pela minha cara ou pela cara do governador, é porque esse porto é muito importante para esta cidade, para o estado e para o país, e nós queremos que este porto esteja funcionando?, presidente Lula, sexta-feira em Itajaí

MANIFESTAÇÕES

A visita do presidente Lula a Itajaí, na sexta-feira, foi marcada por protestos e manifestações no lado de fora do Centro de Eventos. Servidores do INSS que estão em greve desde o dia 16 e estudantes de jornalismo revoltados com o fim da exigência do diploma aproveitaram a presença do presidente para expressar seu descontentamento e fazer suas reivindicações. Os servidores públicos foram equipados com panelas e apitos e os estudantes com narizes de palhaço.

AUDIÊNCIA

O ato dos servidores do INSS pode ser considerado vitorioso, pois com o barulho feito em Itajaí a categoria conseguiu que fosse agendada uma audiência com o ministro da Previdência Social, José Pimentel, na próxima sexta, em Florianópolis. A audiência foi marcada ali mesmo na rua pelo assessor da presidência da República, José Mauro Cassimiro, incomodado com a manifestação e temeroso de um barraco maior. Até então, o governo se negava a negociar com os grevistas.

TESTEMUNHAS

Por exigência dos sindicalistas, que sabem que não dá para confiar em palavra de governo, uma comissão de deputados estaduais serviu como testemunha. Segundo o sindicato dos previdenciários, os deputados que testemunharam foram os petistas Pedro Uczai, Dirceu Dresch, Ana Paula Lima e José Paulo Serafim. Na sexta-feira, os previdenciários prometem organizar um grande ato na capital catarinense, inclusive com a presença de servidores de outros estados.

JORNALISTAS

No caso do pleito dos jornalistas, Lula não tem muito a ver com isto, uma vez que a decisão que pôs fim à exigência do diploma para o exercício da profissão foi do Supremo Tribunal Federal (STF). De qualquer forma, o ato foi válido e serviu para mostrar que pelo menos em algum lugar há alguém esperneando. Uma pena que alguns poucos estudantes de jornalismo participaram da manifestação, demonstrando uma vez mais que a classe dos jornalistas é das mais desunidas.

PT X PC DO B

Em conversa com o colunista, João Vequi (PT), primeiro suplente da coligação PT/PC do B, disse que aguarda as movimentações do seu partido sobre a situação do vereador Marcelo Werner (PC do B). Vequi ressaltou que sempre foi fiel ao partido e, pelo que deixou entender, espera que o PT seja fiel a ele neste momento. Como se sabe, Marcelo pode ter o mandato cassado por ter sido sócio de uma empresa que tem contrato com o município depois de já empossado vereador.

INSEGURANÇA PÚBLICA

Nesta segunda-feira será realizada mais uma audiência pública sobre a insegurança pública que impera em Navegantes. A reunião, que contará com a participação de deputados estaduais integrantes da comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, começa às 19h30 no Clube Navemar, na rua Vereador Nereu Liberato Nunes, 591. É esperada também a presença do secretário estadual de Segurança Pública, Ronaldo Benedet (PMDB).

 Fernando-Alecio---inssprotesto-007

Barulho dos previdenciários em Itajaí rendeu audiência com ministro

Fernando-Alecio---inssprotesto-005 

Apesar dos pesares, servidores do INSS ainda tem esperança no Lula

  •  

Deixe uma Resposta