• 07 dez 2009
  • Postado por Tiago

TECONVI I

Em entrevista ao programa Café Debate, da rádio 106,7 FM, o ex-prefeito e ex-superintendente do porto de Itajaí, Amílcar Gazaniga, confirmou aquilo que já se esperava: o Teconvi não contratou os seguros que deveria ter contratado para a área arrendada do porto antes de entrar em operação, conforme determina a cláusula trigésima quinta do contrato de arrendamento 030/2001.

TECONVI II

A cláusula trigésima quinta do contrato de arrendamento 030/2001 expressa que: “Não será autorizado o início das operações portuárias ou o prosseguimento das mesmas sem que a ARRENDATÁRIA apresente à SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE ITAJAÍ comprovação de que as apólices dos seguros previstas neste CONTRATO se encontram em vigor”.

TECONVI III

Ficam as perguntas: por que a superintendência do porto de Itajaí, na época conduzida pelo próprio Amílcar, autorizou o Teconvi entrar em operação sem a contratação dos seguros exigidos na cláusula trigésima quinta do contrato? E por que o cumprimento desta cláusula também não foi exigido ao longo dos quatro anos do governo Volnei Morastoni (PT), que tanto criticou o arrendamento quando era deputado?

TECONVI IV

Amílcar disse ainda que vários pontos do contrato nunca foram cumpridos pelo Teconvi e defendeu que o mesmo seja revisto. “Falo como membro do CAP [Conselho da Autoridade Portuária]: esse contrato do Teconvi tem que ser totalmente revisto e reatualizado para respeitar as cláusulas que nós colocamos no processo de licitação”, disse o ex-superintendente, que atualmente representa Itajaí no CAP.

SACO DA FAZENDA I

O governo federal, através do Ministério da Educação, pretende construir uma unidade do Centro Nacional de Pesquisas do Mar em Itajaí, no bota-fora do Saco da Fazenda. No mesmo local, porém, a prefeitura planeja instalar o Museu Oceanográfico da Univali. Há ainda outro projeto para o local: a construção de um museu sobre a história da cidade desenhado pelo escritório do centenário arquiteto Oscar Niemeyer.

SACO DA FAZENDA II

Ocorre que há um conflito de interpretação sobre a área. A União entende que está sob sua jurisdição, enquanto a prefeitura considera que faz parte da área concessionada ao porto de Itajaí. Ouvido pela coluna, o prefeito Jandir Bellini (PP) disse que não haverá problemas. “Dá para conciliar, porque o museu oceanográfico e o centro de pesquisas do mar estão interligados com os mesmos objetivos”, amenizou o prefeito.

FUTEBOLZINHO

Na entrevista publicada quinta-feira no DIARINHO, Jandir deixou clara sua insatisfação com a pré-candidatura do líder do seu governo, Clayton Batschauer (PR), a deputado estadual. “O prefeito vai voltar a jogar o futebolzinho dele, jogar o dominó dele. Vou cuidar do governo municipal sem me envolver”, reclamou Jandir, que defende o lançamento da candidatura de apenas um nome do governo.

NÃO COLOU

Na mesma entrevista, publicada também no blog do colunista – http://fernandoalecio.wordpress.com/ – não colou a resposta do prefeito sobre a doação de R$ 14 mil para bancar um jantar da Associação Empresarial de Itajaí. Desde quando pagar jantar com dinheiro público para empresários gera emprego, aumenta a arrecadação ou resulta no desenvolvimento econômico da cidade?

SEM ACORDO

Pelo andar da carruagem, Jandir já pode calçar as chuteiras. É óbvio que dificilmente todos os partidos que compõem o governo vão apoiar um único nome. Além do PR de Clayton, o PPS de Itajaí também já bateu o martelo que vai lançar candidato a deputado estadual, por mais que isto possa desagradar ao prefeito e ao presidente estadual da sigla – o vereador Claudir Maciel, de Balneário Camboriú.

PRÉ-CANDIDATURA

Clayton Batschauer não deverá ser o único candidato do PR a deputado estadual na região. Além do líder do governo Jandir Bellini, o gestor do fundo Municipal de Trânsito de Balneário Camboriú e ex-deputado Jaime Mantelli também é pré-candidato a uma cadeira na assembleia Legislativa. Mantelli, que foi deputado estadual por dois mandatos (1995 -2002), filiou-se ao PR recentemente.

ENSINO FUNDAMENTAL

A bancada do PT na assembleia Legislativa pediu a retirada imediata de tramitação do projeto de lei que trata da municipalização do ensino fundamental. “O projeto do governo tem sido duramente criticado por professores, prefeitos e vereadores de todos os partidos, que demonstram a preocupação e insegurança com a municipalização”, explica o deputado Pedro Uczai (PT), presidente da Comissão de Educação.

TOLERÂNCIA ZERO, MARKETING DEZ

Interessante a revelação feita na coluna do Cesar Valente de que as ações que resultaram na diminuição da criminalidade em Nova Iorque começaram muito antes de Rudolph Giuliani assumir a prefeitura. Giuliani pode entender de segurança pública, mas com certeza entende muito mais é de marketing, pois conseguiu vender ao mundo a imagem de que foi ele quem controlou a violência na cidade.

E AGORA?

Será que o vice-governador Leonel Pavan, presidente estadual do PSDB, se arrependeu de ter levado José Roberto Provesi para assinar a ficha de filiação ao partido na presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em Blumenau? De acordo com pesquisa da CNT/Sensus, 49,3% dos entrevistados responderam que não votam de jeito nenhum em candidatos apoiados por Fernando Henrique…

SINCERIDADE

“Se for levar em conta escândalos para definir vaga em chapa, talvez o PSDB nem pudesse lançar candidatura presidencial”. O leitor pode imaginar que esta frase tenha sido proferida por algum antitucano de primeira cepa. Ledo engano. A frase é do deputado federal carioca Rodrigo Maia, presidente nacional do DEM e principal aliado do PSDB. Se ele está dizendo, quem somos nós para duvidar…

PRIMEIRO JORNAL

Estreia amanhã o ‘Primeiro Jornal’, programa jornalístico que irá ao ar das 7h às 8h, na rádio Conceição (105.9 FM). Ancorado por Gerd Klotz, contará com a colaboração de jornalistas e colunistas que cobrem o dia a dia de Itajaí e região, inclusive algumas figurinhas aqui no DIARINHO como este colunista, o colega JC e o editor de política William De Lucca. Na internet: http://www.conceicaofm.com.br/.

  •  

Deixe uma Resposta