• 25 jan 2010
  • Postado por Tiago

“O melhor presente que Brasília poderia receber em seu 50º aniversário seria nada menos que a punição de todos os envolvidos nos escândalos de corrupção flagrados pelo dublê de secretário de Estado, delegado de polícia e cineasta Durval Barbosa”, jornalista Washington Araújo, em artigo na agência Carta Maior.

ATO DE APOIO

Com mais de 50 dias de atraso, o PSDB de Itajaí resolveu promover um “ato de apoio a Pavan”. Será hoje, às 19h45, na sede local do partido, na rua Zózimo José Peixoto, centro de Itajaí. O presidente do PSDB de Itajaí, Deodato Casas, convida a todos os filiados e simpatizantes tucanos a participarem do ato. Fica a pergunta: por que este ato não foi feito antes, logo que a bomba explodiu, em dezembro?

ANSIOSO

O presidente estadual do PMDB e pretenso candidato a governador, Eduardo Pinho Moreira, se mostra impaciente em relação ao processo contra o vice-governador Leonel Pavan (PSDB). “E agora? O Tribunal de Justiça mandou para a assembleia legislativa, e vai ficar assim? Rapidez para casos especiais!!!”, implora o ex-presidente da Celesc, em mensagem postada no seu twitter dia 20.

GAYA 1

Em carta publicada no ‘Jornal de Navegantes’, o ex-secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, João Paulo Gaya, faz severas críticas ao governo municipal dengo-dengo, do qual se desligou em meados do ano passado. “Foram seis meses de angústias e tentativas frustradas de trabalhar em prol dos mesmos [pescadores e agricultores]. Tamanha era minha vergonha que preferi pedir exoneração”.

GAYA 2

Gaya se diz decepcionado com algumas pessoas, sem citar nomes. “Durante esses seis meses vi muitas ‘máscaras’ caindo e pessoas que pareciam ser de bem mostraram-se verdadeiros monstros”, desabafou. Em outro trecho da carta, o ex-secretário revela ter ouvido em uma reunião a seguinte e lamentável frase: “Para que gastar dinheiro com pescador e principalmente agricultor, não dá voto!”.

GAYA 3

Na visão de Gaya, das pessoas com quem conviveu em seu curto período na administração municipal, apenas duas se salvam: o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinício Bortolatto (PSDB) – que também deixou o governo –, e o vice-prefeito Emílio Vieira (PP). “Pena que o mesmo [Emílio] se encontra sozinho e sufocado pela ‘famiglia’”, observou Gaya.

VISITA 1

Emílio Vieira, que está no cargo de prefeito em exercício em virtude das férias do titular Roberto Carlos de Souza (PSDB), recebeu sexta-feira a visita da deputada federal e correligionária Angela Amin, que veio a Navegantes acompanhada do filho João Amin (PP), vereador em Florianópolis. Depois da visita, Angela e João seguiram para Itajaí, onde participaram da posse da nova – ou velha? – diretoria da ACII.

VISITA 2

Antes de ir para o evento da ACII na sociedade Guarani, Angela Amin, que lidera as pesquisas para o governo do estado, concedeu entrevista coletiva no gabinete da vereadora Susi Bellini (PP). Para desgosto dos pepistas de Itajaí, reafirmou a disposição de coligar preferencialmente com o PT já no primeiro turno. E preferiu não comentar o imbróglio que envolve o vice-governador Leonel Pavan.

PT-PDT

A senadora Ideli Salvatti (PT) distribuiu nota na quinta-feira, quando se reuniu com dirigentes do PDT, informando que “há uma tendência para 2010 de compor novamente um corpo de esquerda em Santa Catarina entre os partidos históricos, PT, PRB, PDT, PC do B e PR”. Segundo Ideli, o apoio do PDT ao PT em Santa Catarina está bem encaminhado. Outra reunião está marcada para fevereiro.

“ELE VEM”

Recebi na sexta-feira um e-mail com o assunto “ELE VEM”. Pensei que era o anúncio da volta de Jesus, mas quando abri e li, vi que se tratava do anúncio da pré-candidatura do vereador itajaiense Clayton Batschauer (PR) a deputado estadual – o que, aliás, o próprio vereador já fizera da tribuna da câmara há alguns meses. Será que “ELE VEM” será o slogan da campanha eleitoral do Clayton?

CAMPANHA ANTECIPADA?

A propósito, estes anúncios de pré-candidatura podem render dor de cabeça aos pretensos candidatos. Pelo menos se fizer escola o entendimento do tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Acre, que multou o ex-prefeito de Rodrigues Alves/AC, Deda Amorim (PP), porque ele postou no twitter que é pré-candidato a deputado estadual. O TRE entendeu que era campanha antecipada…

ILHOTA 1

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou quatro ações de improbidade administrativa contra Roberto da Silva (PP), o Betinho, que foi prefeito de Ilhota de 1997 a 2004, entre outros réus. Segundo o MPF, as ações foram motivadas em função de irregularidades em licitações realizadas com repasses de verbas federais, identificadas em fiscalização da controladoria Geral da União (CGU).

ILHOTA 2

De acordo com a assessoria de comunicação do MPF, o “procurador da República em Blumenau, Ricardo Kling Donini, autor das ações, requereu à justiça que condene os réus às penas previstas na lei de improbidade administrativa, tais como ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública e suspensão dos direitos políticos, de acordo com a conduta de cada um”.

BOLSA FAMÍLIA

Tucanos vibraram com matéria da revista Veja, que chama o programa Bolsa Família de eleitoreiro. O PSDB costuma chamar o Bolsa Família de “Bolsa Cabresto”. Mas na campanha este tipo de comentário está proibido. O discurso será bem diferente. Em entrevista também à revista Veja, o presidente tucano Sérgio Guerra disse que o Bolsa Família “é um mecanismo eficiente de erradicação da miséria e da fome”.

LEÔNIDAS

Ontem, completaram-se seis anos do falecimento de Leônidas da Silva, um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro e mundial. Ídolo do Flamengo e do São Paulo, Leônidas foi o artilheiro da copa de 1938, na França. E foi fundamental para o engrandecimento do São Paulo nos anos 40, quando chegou desacreditado e liderou o clube paulista na conquista de cinco títulos estaduais.

TIJOLADAS

O blog Tijoladas do Mosquito não tem dado refresco para o vice-governador Leonel Pavan. A artilharia é pesada e não poupa nem a família do tucano, como a filha e a mãe de Pavan, falecida em julho no ano passado. Até a imprensa estadual e de Balneário Camboriú entra no chicote. O blog também sustenta uma campanha contra um comentarista da RBS TV, considerado “nazista” pelo Mosquito.

  •  

Deixe uma Resposta