• Postado por Tiago

A vida cultural da capital da Santa & Bela não para, alheia à paranoia da gripe porca. Depois do festival de teatro e da semanada com a personagem Dona Bilica no centro histórico, o mês de agosto fecha com um festival multicultural, promovido pela associação Pró-Floripa. Entre as atrações desta segunda edição estão apresentações de boi-de-mamão, pau-de-fita e cerâmica.

Segundo a coordenadora e idealizadora do festival, Roseli Rosana Dalabona, a ideia é que as atividades culturais sejam constantes em locais históricos como o Mercado Público e Largo da Alfândega.

No ano passado, o povão compareceu em peso ao festival, inclusive crianças, idosos e portadores de necessidades especiais, que participaram de oficinas de artesanato e reciclagem de lixo, tudo na faixa. Além de aprender uma atividade manual, que é uma ótima terapia, aprenderam a importância de separar o lixo, podendo fazer da atividade até uma forma de ganhar dindim.

  •  

Deixe uma Resposta