• Postado por Tiago

Quatro gurizotes do Paraná tiveram que desembolsar R$ 5580 pra se livrar do xilindró. Eles são acusados de depredar um orelhão e placas de sinalização na praia dos Amores, em Balneário Camboriú.

Os filhinhos de papai foram flagrados por um policial federal carregando os trecos dentro do carango. A polícia apreendeu também uma máquina fotográfica com fotos dos vândalos endinheirados depredando o patrimônio público.

Passava das 4h quando o policial federal, que mora pertinho da praia, ouviu a arruaça dos estudantes. Ele saiu na rua pra conferir o que tava rolando e encontrou os quatro playboys e mais três patricinhas dentro do Línea, placa ATL 0788.

O carango tava abarrotado com um orelhão, uma placa de sinalização e um cone, que tinham sido catados da rua. O policial pediu apoio dos meganhas que baixaram no local e deram um teje preso em Yuri Kepler Machado Souza e Silva, 21 anos, Patrick Lepion Torres, 19, Daniel Espínola Torres, 21, e Matheus Marucco Merches, 20, por vandalismo. Como se não bastasse, os milicos deram um bizú na câmera fotográfica dos rebeldes sem causa e tiveram uma surpresa. Encontraram um álbum recheado com fotos dos quatro rapazes quebrando o orelhão e a placa retirada da rua. Entre as fotografias, tinha até uma em que os moleques faziam pose sentados dentro do carro com o aparelho telefônico no colo.

Com o flagrante, Yuri, Patrick, Daniel e Matheus foram levados pra delegacia onde tiveram que pagar a fiança pra silivrar da jaula.

  •  

Deixe uma Resposta