• Postado por Tiago

Argolado após três derrotas seguidas, o Figueirense joga amanhã contra o Duque de Caxias com a missão de vitória fora de casa. A delegação deixou Floripa hoje no início da tarde e tomou conhecimento de pichações feitas no muro do estádio Orlando Scarpelli durante a noite de quinta-feira. O grito indignado de algum torcedor maloqueiro não teve comentários nem dos jogadores e muito menos, da diretoria. Mas o protesto tá feito e mesmo após ter sido apagado tem o aval de quase toda a torcida.

Apesar dos tropeços, a situação do time não é das piores na tabela de classificação. O time mantém-se em sexto lugar há duas rodadas a três pontos do quarto colocado. Porém, poderia ter entrado no G4 se não tivesse só levando pau.

Os jogadores participaram de um último treinamento pela manhã. E pra esta 18ª rodada da Segundona, novamente a equipe terá alterações. E não é por vontade do técnico Roberto Fernandes. Sem poder contar com os zagueiros Édson e Régis e nem com o artilheiro da competição, Rafael Coelho, que vão cumprir gancho, o professor rebolou pra fazer a lista dos que viajaram. A única coisa boa é que o lateral Lucas volta de suspensão e pode ser um baita gás pra equipe.

Como o time será montado, ninguém sabe. No chute, o time pode iniciar o jogo com: Wilson; Alê, João Filipe, Toninho, Roger Carvalho e Egidio; Carlinhos, Jeovânio, Paulinho e Fernandes; Douglas e Marcelo. Bruno Peroni, que tava de lado, acompanhou a delegação ao Rio de Janeiro.

  •  

Deixe uma Resposta