• Postado por Tiago

A mistura de matemática, reza braba, tropeço dos adversários e vencer todos os três jogos que faltam são os ingredientes necessários pro Figueira subir pra primeira divisão. Se este quase milagre rolar, o time de Floripa pode conseguir se livrar da Segundona já neste ano. Após a derrota inesperada pro América/RN na noite de terça-feira, a equipe da capital ficou cinco pontos longe do G4.

A delegação chegou ontem à noite na capital e agora vai tentar ver o que dá pra fazer pra vencer o Bragantino, em jogo que rola sábado, no estádio Orlando Scarpelli. Pra este confronto, o time estará desfalcado de quatro jogadores, que cumprirão suspensão automática: Egídio, Roberto Brum, Schwenck e Paulo Sérgio. O artilheiro Rafael Coelho retorna de gancho e ainda há expectativa de Roger Carvalho também ser liberado, após cirurgia no nariz.

Além da falação da derrota, a diretoria do Alvinegro tá tendo que driblar a ausência do zagueiro Édson. O técnico Márcio Araújo disse, após a derrota em Natal, que o jogador foi afastado por indisciplina. E pelo tom parece que o boleiro aprontou alguma pro comandante. A confirmação do técnico desmentiu o que a diretoria do clube havia dito antes da partida. Até então, Edson teria ficado em Floripa por opção técnica.

  •  

Deixe uma Resposta