• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-23---s---bragantino-x-figueirense---goleiro-wilson-foto-rubens-flores-11ago09-(1)

Nem Wilson conseguiu salvar o time de mais uma derrota

A reestreia do volante Jeovânio no Figueirense não foi como ele e nem como o torcedor alvinegro esperava. Com dois jogadores expulsos ? um deles injustamente ? e um gol do zagueiro Marcelo Godri, aos 34 minutos do segundo tempo, o time manezinho perdeu pro Bragantino na noite de ontem, em Bragança Paulista, pela 17ª rodada da série B do Brasileiro. Foi a terceira derrota seguida da equipe catarinense, que tem 26 pontos e tá cada vez mais longe do grupo dos quatro melhores, que sobem à elite do futebol nacional. Com a vitória, os donos da casa também alcançaram a mesma pontuação.

A partida no estádio Nabi Abi Chedid começou truncada, com muitas faltas e pouco futebol. O Braga buscou um pouco mais o ataque e o goleiro Wilson evitou o perigo em algumas investidas. A coisa tava de dar sono e a primeira chance pra valer veio só aos 21 minutos, e foi do time paulista. A zaga manezinha deu bobeira e Carlinhos enfiou o pé na gorduchinha, que passou perto da trave esquerda do arqueiro catarina.

A resposta do Figueira e praticamente sua única chance de gol saiu aos 28, numa boa jogada de João Filipe. Ele foi à linha de fundo e cruzou pra área. Alê furou a tentativa de bicicleta e o artilheiro Rafael Coelho acabou mandando a redonda pra fora, à direita do gol de Gilvan.

Aos 30 minutos, rolou um dos lances que mudaria a história do jogo. O zagueiro Edson tomou cartão amarelo por meter a mão na bola. Sete minutos depois o juizão cagou a vida do Figueira, expulsando o beque injustamente. Num lance normal, Edson ganhou a bola, mas o árbitro entendeu que ele fez falta, deu o segundo amarelo e mandou o barriga-verde pra rua.

Com 10 em campo, o Furacão tomou pressão e por pouco não sofreu o gol, aos 44. Leo Jaime, boleiro que tem nome de cantor, recebeu a bola dentro da área e quase marcou sem querer.

Nem ?São Wilson? deu jeito

A pressão do Braga continuou no segundo tempo e foi a vez de Wilson aparecer. Aos nove minutos, Pedro Henrique invadiu a área em velocidade, mas o goleirão do Figueira fez boa defesa. Os milagres do arqueiro vieram aos 16, com duas defesas seguidas. A mais impressionante foi a última, na cabeçada de Carlinhos.

Mas o goleirão não conseguiu salvar todas e o Figueira tomou o gol aos 34 minutos. Após cobrança de falta na área, a zaga do Figueira desviou mal de cabeça e o beque Marcelo Godri, do Braga, apareceu no segundo pau pra meter de carrinho, num gol pra lá de chorado.

Pra piorar as coisas, Rafael Coelho foi expulso aos 38, deixando o Figueirense com dois a menos em campo. A partir daí, o Bragantino só administrou o jogo e o placar acabou mesmo 1 a 0. Foi a terceira derrota seguida do Furacão, que tá em queda livre na Segundona.

  •  

Deixe uma Resposta