• Postado por Tiago

O leitor V.S., 33 anos, acusa a empresa Viamax de lhe cobrar mensalidade pelos pontos extras da tevê a cabo que tem na sua casa. A cobrança já foi brecada pela Agência Nacional de Telecomunicações [Anatel] e por isso o consumidor tá indignado. “Eles dizem que eu tô pagando por um benefício extra”, revolta-se.

V. tem três pontos em sua casa. Para cada um deles, a Viamax inclui uma taxinha de cerca de 10 pilas. “Se existe uma lei, eles têm que cumprir”, diz o leitor, indignado com a facada. Apesar de admitir que a empresa presta um serviço excelente, V. não se conforma com a cobrança, que considera indevida.

Extra não é cobrado, garante Viamax

Douglas Corrêa, atendente da Viamax, diz que não é cobrado ponto extra de nenhum cliente, mas sim uma manutenção do decodificador, se ele for digital. “Hoje toda empresa de telefonia tá mudando pra digital. Elas cobram pelos decodificadores, não pelo ponto extra”, afirmou, explicando que se o aparelhinho for analógico, não há cobrança. Daí, é somente o valor normal da mensalidade.

“A pessoa tem um contrato que explica toda as resoluções da Anatel com relação à cobrança”, disse o atendente.

Nem a manutenção pode cobrar

Ontem, a Anatel anunciou que também suspendeu, por 60 dias, a cobrança das taxas de manutenção. Em 16 de maio deste ano, a agência já havia proibido a cobrança pelo ponto extra por tevês por assinatura.

O permitido é apenas a cobrança de uma mensalidade por unidade domiciliar e, no máximo, o serviço de instalação do ponto. Isso não acontece com o leitor V.. Cada sinal nos aparelhos que ele tem em sua casa é uma taxa que desembolsa a mais.

A Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) entrou na justiça contra a decisão da Anatel de suspender as taxas.

  •  

Deixe uma Resposta