• Postado por Tiago

GRIPE-ORCA-ABRE-g---gripe-suina---posto-sulcar-foto-rubens-flores-25ago09

Dono do posto não quis bater um lero sobre o que tava rolando

O dono do posto Sul Car, no bairro Pantanal, na capital manezinha, foi notificado na segunda-feira pelo Sindicato dos Frentistas da Grande Floripa (Sinfren). O motivo foi a fiscalização ter encontrado uma grávida de cinco meses trampando no caixa da loja de conveniências. Os sindicatos de trabalhadores de várias categorias iniciaram esta semana a vistoria de postos de trampo por determinação do ministério público do trabalho (MPT). A meta é afastar as grávidas das atividades até que a pandemia da gripe porca tenha dado uma folga.

De acordo com a orientação do MPT, as grávidas que trampam cara a cara com o cliente devem ir pra outro setor. Caso isso não seja possível, elas devem ficar em casa. Também orienta que se a grávida tem que ir trampar de busão, ou o empresário manda buscá-la e levá-la em casa todos os dias, ou então, que a afaste temporariamente das atividades. O afastamento não pode ser negociado com férias e muito menos descontado do pagamento da funcionária.

Segundo informações de um frentista do Sul Car, que pediu pra não ser identificado, a grávida é cunhada do gerente, que disse que esse negócio de gripe é tolice. ?Ela já tinha pedido pra ser afastada ou ir pra outro setor. Mas ele não deu bola?, contou.

O dono do posto soube na noite de segunda-feira da notificação e prometeu tomar providências. Ele não quis dar entrevista, apenas mandou avisar que tudo não passou dum malentendido. Ontem, a grávida foi trampar. Um carro pegou a mulher em casa. Agora ela fica no escritório do posto de gasosa.

  •  

Deixe uma Resposta