• Postado por Tiago

“Gostaria de fazer um comentário a respeito de um belo circo que está instalado no bairro São Vicente, próximo da rodoviária. O comentário é: se você gosta de jogar dinheiro no lixo, vá até lá e compre um ingresso para assitir ao grande espetáculo ridículo daquela coisa chamada de circo.
Esta semana tive a infelicidade de levar minha familia até lá. Quando cheguei levei o maior susto. O ingresso custa entre R$ 20 e R$ 30. Até pensei que fosse uma filial do circo de “suolé”, mas na verdade é circo de chulé, porque nunca vi coisa tão ruim.
Até que, depois de muita discussão, resolvemos entrar porque levei meu filho de 5 anos. Quando entramos o grande espetáculo começou meia hora depois do previsto e aí chegou lá um cara totalmente sem graça jogando uns pinos pra cima,
feito um otário. Diz ele que era um malabarista, mas de cada quatro pinos que ele jogava, cinco caíam no chão e ainda ficava esperando aplauso de uma plateia de quase 20 pessoas, pra se ter uma ideia.
Depois entrou uns palhaços sem graça e umas dançarinas gordas. No intervalo, as mesmas bailarinas vendiam churros e pipoca. Por sinal, eu nunca paguei mais caro por um punhadinho de pipoca fria e sem sal. Pedi uma coca-cola e só tinha pepsi e o preço é mais caro que na zona.

Depois arrastaram uma rede por cima de todo mundo pra instalar um trapézio que tinha uns caras totalmente sem graça também.  Aí eu chego à conclusão que: será que aquele dono de circo não pensa que um ingresso naquele valor, em uma cidade onde está 80% do povo phodido e ainda uma droga de apresentação igual aquela, não está de acordo com a realidade? Ora, meus amigos e povo de itajaí: não caiam nesta burrada de fazer o que eu fiz. Gastei uma grana que mais valia ir pro bailão do Juca tomar umas querosenas domingo à noite.
Outra coisa que joguei dinheiro fora foi no teatro municipal assistindo o tal Biribinha. Uma coisa sem graça que nem as crianças riram. Se arrependimento matasse eu teria morrido esta semana. Então, devemos pensar muito bem antes de frequentar estes lugares idiotas, onde essas pessoas só pensam em ganhar dinheiro e esquecem de oferecer algo de qualidade para a população.

Obrigado ao DIARINHO, este jornal que o povo adora.” 

Ass: Renato Alves Maria Alves Maria

(Transcrito ipsis litteris)

  •  

Deixe uma Resposta